tHIAGO nEVES

Créditos Cruzeiro: Vinnicius Silva

LANCE!
12/02/2019
15:49
Rio de Janeiro (RJ) 

Seguidos por milhares de fãs nas redes sociais, atletas profissionais possuem cada vez mais proximidade com o público. Uma relação estreita e que exige cautela na hora de se expressar. O caso recente do meia Thiago Neves, do Cruzeiro, que fez uma provocação ao rival Atlético utilizando a tragédia de Brumadinho como gancho, é um exemplo de posicionamento que não repercutiu bem.

Especialista em Marketing Digital na empresa Adição Consultoria e Treinamento, Rodrigo Braga alerta para os cuidados que os jogadores precisam ter. Analisar o cenário e pensar previamente em como o conteúdo pode repercutir entre o público são tarefas necessárias.

- Acho que antes de tudo exige-se bom senso. Pessoas públicas, principalmente, devem ter a responsabilidade triplicada pois são formadoras de opinião. Já vimos tantas coisas nas redes sociais que deveriam servir de exemplo para não se repetir os erros nas postagens - explica Rodrigo.

No caso específico de Thiago Neves, fazer uma postagem de cunho provocativo, mas usando um tema de comoção pública como ilustração, acabou gerando a respulsa até mesmo de torcedores do próprio Cruzeiro, clube no qual é ídolo.

Rodrigo Braga dá dicas. Segundo o especialista, os jogadores precisam sentir a "temperatura" do tema sobre o qual se posicionam. Em muitos casos, o auxílio de um profissional acaba sendo necessário e previne um desenrolar que venha a gerar dano à imagem destes atletas junto aos fãs.

- Primeiro, saber a temperatura sobre o assunto. Depois, em caso de dúvida, procurar alguém especialista na área, principalmente quando se trata de famosos, pessoas públicas ou jogadores de futebol. Hoje em dia, as redes sociais pautam e muito os assuntos na imprensa. Ter cuidado é fundamental - finalizou

Rodrigo Braga
Foto Rodrigo Braga: Divulgação