Brenno e Brunno

Os irmãos Brenno e Brunno já treinam com o elenco sub-20 do Macaé (Foto: Cassiano Carvalho/Macaé Esporte)

LANCE!
17/08/2020
20:24
Rio de Janeiro (RJ)

O Macaé segue surpreendendo com a sua preparação para o retorno do Campeonato Carioca sub-20. A equipe, que voltou a treinar ainda no mês de junho, no CT do CEPE, em Duque de Caxias, não para de anunciar as novidades do elenco. Desta vez, a diretoria do clube apresentou dois reforços com experiência internacional: os irmãos gêmeos Brenno e Brunno, que recentemente defenderam o Kingston United e Woodbridge Soccer Clube no Canadá.

Nascidos em 2002 e naturais do Rio de Janeiro, os gêmeos quase sempre atuaram juntos. Quando se separaram, foi por pouco tempo. Brunno, que é lateral-esquerdo, mas também desempenha função como volante e meia, iniciou com 7 anos na escolinha do Fluminense em Xerém. Depois disso, defendeu o Tigres no Carioca sub-15 da primeira divisão, em 2016, e no mesmo ano, atuou também pelo sub-15 do Arraial do Cabo, no Carioca da Série B.

Brenno, que é atacante, também começou na escolinha do Fluminense ao lado do irmão, e chegou a defender o clube das Laranjeiras nas categorias de base. Depois disso, em 2018, seguiu para o Canadá com Brunno. Na América do Norte, os dois se destacaram defendendo Kingston United em 2018, e Woodbridge Soccer Clube em 2019, na categoria Sub-17, em Toronto. O atacante Brenno destaca a bagagem que trás para o Macaé nesta temporada e aponta as diferenças do futebol do Canadá para o futebol brasileiro.

- Ano passado chegamos em três finais. O futebol no Canadá tem mais contato. É um futebol mais faltoso. Acho que pelo fato dos canadenses e americanos terem um porte maior. Lá também encontramos mais espaços para jogar, aqui no Brasil é mais pegado - disse.

Com destaque no futebol do Canadá e EUA, cabe destacar que somente na temporada passada o Canadá criou a sua liga própria, os dois irmãos também acumulam histórias curiosas como o dia em que um pagou pelo erro do outro.

- Uma vez jogando no Canadá eu tomei três cartões amarelos, mas quem cumpriu a suspensão foi o meu irmão. Tentamos explicar que o cartão tinha sido aplicado para a pessoa errada, mas não conseguimos - lembrou o lateral Brunno.

Os irmãos Brenno e Brunno vêm treinando com o restante do elenco e estão inscritos para a sequência do Campeonato Carioca sub-20. O Macaé Esporte tem reestreia marcada para o dia 9 de setembro diante da Portuguesa, no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador.