Gabriel Santos
20/05/2021
23:54
São Paulo (SP)

A primeira parte da final do Campeonato Paulista entre Palmeiras e São Paulo terminou empatada sem gols, no Allianz Parque. O Tricolor saiu preocupado devido as lesões do ala Daniel Alves e do meia Benítez. Os dois times até tentaram marcar, mas pararam nas fortes defesas adversárias.

Lewandowski recebe oferta da Inglaterra, Messi é pressionado a deixar o Barcelona… O Dia do Mercado

Com isso, quem vencer no Morumbi, no próximo domingo (23), às 16h, conquistará o título do Paulistão. Qualquer empate leva a decisão para as penalidades máximas. 

VEJA COMO ESTÁ A TABELA DO CAMPEONATO PAULISTA!

Jogo começa truncado
Conforme o esperado, São Paulo e Palmeiras fizeram um jogo equilibrado nos primeiros quinze minutos, com muita marcação e perda da posse de bola de ambos os lados. A primeira chance foi do Verdão, com seis minutos. Luan lançou Rony na direita, e o camisa 7 levou para a linha de fundo para cruzar na segunda trave. Victor Luis chegou para finalizar, mas Daniel Alves tirou.

Marcando pressão, o Tricolor respondeu aos nove. Reinaldo tocou para Gabriel Sara na beirada da área, pela esquerda. O meia tentou ajeitar para finalizar, mas Felipe Melo chegou dando o chutão e afastando o perigo da meta palmeirense. 

São Paulo vacila e Luiz Adriano quase aproveita
Depois do estudo inicial, houve a primeira chance real de gol. E ela foi do Palmeiras. Aos 15, Benítez tocou errado para Rony no campo de defesa do São Paulo, e o atacante do Verdão achou Luiz Adriano na área. O centravante bateu forte, mas Volpi fez ótima defesa para salvar o Tricolor.

Enquanto isso, o São Paulo trocava muitos passes no campo ofensivo, mas não conseguia furar a defesa do Alviverde, que marcava forte e não deixava o rival construir jogadas ofensivas. Aos 23, o clube do Morumbi chegou. Reinaldo recebeu na esquerda e cruzou na área buscando Pablo. A bola saiu baixa, e Gustavo Gomez afastou. 

Daniel Alves sai machucado
O jogo ia passando e nada de ações ofensivas. Porém, não foi somente isso que chamou atenção. Aos 30 minutos, o São Paulo perdeu seu principal jogador. Após uma disputa com Victor Luís, Daniel Alves sentiu o joelho e precisou ser substituído. Igor Vinicius entrou no seu lugar. 

Três minutos depois, mais uma chance do Tricolor. Liziero tabelou com Igor Vinícius e o lateral cruzou para Pablo. A bola acabou sobrando para o próprio Liziero chegar batendo, mas o chute explodiu na zaga palmeirense.

Rony e Patrick tentam de longe para o Palmeiras
O final do primeiro tempo foi de tentativas de abrir o placar para o Palmeiras. A primeira chance foi com Rony, aos 39 minutos. O atacante recebeu na esquerda, no campo de ataque, e finalizou de fora da área. A bola foi longe do gol de Volpi.

Aos 40, a torcida do São Paulo ficou preocupada. O meia Benítez reclamou de dores musculares na coxa. Enquanto isso, o Verdão tentou uma última estocada. Com 47, Patrick de Paula arriscou o chute de longa distância, mas mandou por cima do gol são-paulino.

Segundo tempo começa, São Paulo tenta e Palmeiras para em Volpi
O começo do segundo tempo foi de um São Paulo diferente no meio. Benítez saiu machucado e deu lugar a Igor Gomes no intervalo. A primeira chance do Tricolor aconteceu aos seis minutos. Pablo ficou com a sobra na entrada da área e bateu colocado no gol de Weverton, que conseguiu encaixar.

O Palmeiras voltou a aparecer no campo de ataque aos 13 minutos, em talvez a chance mais perigosa na partida. Miranda saiu jogando errado e deu no pé de Raphael Veiga. O meia foi puxando para a entrada da área, e bateu forte da entrada da área, buscando o ângulo. Volpi voou e espalmou para escanteio. 

Weverton aparece para salvar o Palmeiras
Pouco tempo depois, aos 16, foi a vez do goleiro do Palmeiras aparecer. Reinaldo bateu falta de longe, buscando o canto esquerdo da meta palmeirense. Weverton, bem colocado, espalmou e evitou o gol são-paulino. 

Depois dessa chance, o jogo deu uma esfriada, com muitas faltas de ambos os lados e erros de passes, parando na forte marcação. Weverton e Volpi praticamente não trabalharam nos dez minutos seguintes.  Somente aos 26 minutos, teve chance de perigo. Igor Vinícius recebeu a bola na direita e cruzou na medida para Igor Gomes. O meia apareceu livre de marcação, mas cabeceou para fora.

Palmeiras quase marca na bola aérea
Buscando melhorar a criação, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, colocou Gustavo Scarpa no lugar de Raphael Veiga. E na primeira cobrança de escanteio que o meia fez, quase saiu o gol do Verdão. Scarpa bateu escanteio fechado, a bola desviou nas costas de Renan e passou ao lado da trave direita de Volpi, assustando a torcida são-paulina.

Com 31 minutos, mais uma boa chegada do Palmeiras. Scarpa lançou Victor Luis na esquerda, que cruzou para trás na área. Rony chegou batendo de esquerda e finalizou para fora, sem perigo para Volpi.

Rony assusta Tiago Volpi e Pablo perde chance 
No final da partida, a bola aérea foi a arma do Palmeiras no Allianz Parque. E quase saiu aos 40 minutos. Mayke recebeu a bola na direita e cruzou mais aberto na área. Rony apareceu livre, cabeceou forte, mas a bola passou ao lado do gol de Volpi.

Um minuto depois, quase o gol do São Paulo. Igor Vinícius recebeu o cruzamento da esquerda na segunda trave e ajeitou de cabeça para Pablo. O atacante cortou a marcação, armou o chute, mas Felipe Melo chegou travando dentro da área para salvar o Verdão. 

Gabriel Sara acerta a trave do Palmeiras
O jogo começou a ter mais chances de gol no final da partida. A principal ocorreu aos 42. Gabriel Sara recebeu na ponta-esquerda e arriscou o chute. O meia acertou um chutaço e mandou na trave esquerda de Weverton, pelo alto.

Fim de jogo no Allianz Parque e final aberta para domingo, às 16h, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 SÃO PAULO
Data: 20/05/2021
Horário: 22h (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho
VAR: José Claudio Rocha Filho
Cartões amarelos: Rony, Abel Ferreira (PAL), Miranda (SAO)
Gols: -

PALMEIRAS: Weverton; Luan, Gustavo Gómez e Renan; Mayke, Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa, aos 28'/2ºT) e Victor Luís; Raphael Veiga (Gustavo Scarpa, aos 28'/2ºT); Rony e Luiz Adriano (Wesley, aos 43'2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Daniel Alves (Igor Vinicius, aos 31'/1ºT), Luan, Liziero, Benítez (Igor Gomes, Intervalo) e Reinaldo; Gabriel Sara e Pablo. Técnico: Hernán Crespo

Palmeiras x São Paulo
Choque-Rei terminou empatado sem gols (Foto: Cesar Greco)