Grêmio x Caxias

Grêmio venceu o Caxias nesta quarta-feira e ficou próximo do tri (Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO)

LANCE!
26/08/2020
23:46
Futebol Latino

No estádio Centenário, o Grêmio venceu o Caxias por 2 a 0 e abriu uma ótima vantagem para conquistar o tricampeonato. Agora, o Tricolor pode perder por até um gol que fica com a taça. Cabe ao time do interior vencer por três gols. Se devolver o placar, a taça será decidida nos pênaltis.

O jogo da volta está marcado para o próximo domingo, a partir das 16h (Horário de Brasília), na Arena do Grêmio.

Se o Caxias estava sem ritmo de jogo, o Grêmio mostrou que estava em forma. Com apenas 7 minutos e no seu estilo de troca de passes, Pepê saiu na cara de Pitol e mandou para o fundo da rede, 1 a 0.

Com a vantagem, o Tricolor administrava o duelo e exagerava no preciosismo na hora de definir as jogadas. Melhor para o Caxias, que aos poucos se soltava dentro de campo. Na melhor chance, Ivan soltou o pé e Vanderlei salvou.

Se faltou emoção na etapa inicial, sobrou nos últimos 45 minutos. O Caxias resolveu sair um pouco mais e na bola parada teve um gol anulado. Ivan bateu falta e Bruno Ré, em posição irregular, atrapalhou Vanderlei. Após revisão do VAR, o tento foi anulado.

Aos 32 minutos brilhou a estreia do atacante Everton. Após a cobrança de escanteio, a zaga do Caxias afastou e Everton pegou de primeira. A bola morreu no fundo da rede e o estreante extravasou, 2 a 0.

Com a vantagem obtida, Renato Gaúcho começou a mexer no time e pediu ao time para segurar o placar. Por outro lado, o Caxias tentava na bola parada, mas sem sucesso.

CAXIAS 0 X 2 GRÊMIO
Local:
Estádio Centenário, Caxias do Sul (RS)
Data-Hora: 26/8/2020 – 21h30
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi(RS) e André Silva Bitencourt(RS)

Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos:
Carlos Alberto (CAX), Matheus Henrique, David Braz (GRE)
Cartões vermelhos: –
Gols:
Pepê (7’/1ºT) Everton (32’/2ºT)

CAXIAS: Marcelo Pitol; Ivan, Laércio, Thiago Sales e Bruno Ré (Eduardo Diniz, aos 40/2ºT); Juliano, Carlos Alberto e Diogo Oliveira; Vinicius Baiano (Willian, aos 35/2ºT), Juninho Potiguar (Marcelo Campanholo, ao 0/2ºT) e Bruninho. Técnico: Rafael Lacerda.
GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Pedro Geromel, David Braz e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Lucas Silva, aos 28/2ºT) e Jean Pyerre (Paulo Miranda, aos 36/2ºT); Alisson (Robinho, aos 36/2ºT), Pepê (Everton, aos 4/2ºT) e Isaque (Thiago Neves, aos 28/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.