Galiotte e Andres

O palmeirense Maurício Galiotte rebateu declaração do corintiano Andrés Sanchez a respeito do título paulista (FPF)

LANCE!
30/06/2019
12:25
São Paulo (SP)

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, provocou seu rival ao dizer que o Palmeiras, dono das melhores campanhas de Brasileiro e Libertadores e classificado às quartas de final da Copa do Brasil, ganhará tudo em 2019, menos o Campeonato Paulista, vencido pela equipe alvinegra. Maurício Galiotte, mandatário do Verdão, rebateu sorrindo, ressaltando a dimensão do projeto de cada clube na temporada.

- Corinthians x Palmeiras é uma das maiores rivalidades do mundo. Agora, o Andrés, está preocupado, cutuca, provoca. Mas cada um com o seu projeto. Nós com o projeto do Palmeiras, e o Corinthians com o projeto do Corinthians - disse o dirigente do Verdão ao SporTV.

- Qual é a melhor maneira de se pensar sobre futebol? Cada um tem a sua administração, seu projeto, seus desafios e seus objetivos. O Corinthians tem o projeto do Corinthians, citado pelo Andrés, e o Palmeiras tem o projeto do Palmeiras - reforçou Maurício Galiotte.

A diminuição da importância dada pelo Palmeiras ao Estadual ficou clara na decisão de 2018, quando o Verdão alegou interferência externa na arbitragem ao desmarcar pênalti em Dudu, no Allianz Parque, e foi até o Superior Tribunal de Justiça Desportiva com provas do caso. Em campo, o Corinthians venceu por 1 a 0 no tempo normal e nos pênaltis. E Galiotte chamou o torneio de "Paulistinha" e rompeu relações com a Federação Paulista de Futebol.

- Naquele momento, tentei passar para o torcedor que nossos projetos são muito maiores do que aquele campeonato. E é verdade. Ali, todos sabem o que aconteceu. É piada em todos os lugares que vou. O Campeonato Paulista, naquele momento, devido ao que ocorreu, foi reduzido de tamanho. Não tenho nenhuma dúvida (de que houve interferência externa na arbitragem). Mas (o assunto) morreu, é pequeno, ficou para trás - indicou o palmeirense.

Antes do Campeonato Paulista desta temporada, o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que lutaria pelo título e o Palmeiras alcançou a melhor campanha do torneio, apesar de ter sido eliminado nas semifinais, nos pênaltis, para o São Paulo. Mas Galiotte diz que o foco do time na competição era treinar, como ele mesmo conta que conversou com o treinador.

- Trabalhar o campeonato regional de maneira que possamos usar como teste, piloto, um momento de treinamento. Você pode ganhar treinando. Obviamente, disputamos para ganhar. Não ganhamos, mas o nosso objetivo é ganhar outros campeonatos. Se conseguirmos ganhar, ótimo. O Palmeiras entra em campo para ganhar.