CRB x Vitória

Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Futebol Latino
22/08/2020
21:15
Maceió (AL)

No estádio Rei Pelé, o CRB não conseguiu segurar a vantagem de dois gols e acabou empatando com o Vitória por 2 a 2, em jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Galo vai para 8 pontos e fica na 5ª colocação. Com o empate, o Leão vai para 7 pontos e sobe para 9ª posição.

Na próxima rodada, o Vitória recebe o Paraná, no Barradão, dia 29 de agosto. O CRB joga o clássico contra o CSA, no Rei Pelé, dia 30 de agosto.

A partida

O jogo começou com as duas equipes no ataque em busca do gol. Mas quem teve a grande chance do início da primeira etapa foi o Vitória. Aos 7 minutos, em cobrança de escanteio, subiu mais que todo mundo e cabeceou com muito perigo.

O CRB não se intimidou e logo criou sua chance de perigo. Magno puxou o contra-ataque e passou para Diego Torres. Ele resolveu arriscar de fora da área e soltou uma bomba, mas o goleiro Ronaldo estava bem posicionado e fez ótima defesa.

O tempo passava e o jogo foi perdendo muita qualidade. As duas equipes começaram a cometer muitos erros. Inclusive, o CRB passou um grande sufoco por conta de uma dessas bobeadas. Victor Souza foi sair trocando passes e acabou tocando a bola no pé de Fernando Neto, mas o atacante do Vitória não conseguiu dominar.

Mas essa não foi a única oportunidade que ele teria. Após cruzamento na área de Mateusinho, o goleiro Victor Souza não consegue afastar o perigo e a bola sobrou no meio da área, mas Fernando Neto não conseguiu finalizar e desperdiçou uma oportunidade de ouro.

Pois quem não faz, toma! Ainda mais quem tem o implacável artilheiro Léo Gamalho no comando do ataque. No finalzinho da etapa inicial, Diego Torres acertou um belo cruzamento e Gamalho bateu de primeira para abrir o marcador: 1 a 0 CRB.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo apostando nos chutes de fora da área para marcar, mas foi em jogada individual que surgiu a oportunidade mais perigosa. Erick partiu com a bola dominada, invadiu a área e tocou para Luidy, que acabou furando e desperdiçando a chance de ampliar em favor do Galo.

Na tentativa de melhorar o desempenho da sua equipe, o técnico do Vitória começou a mexer no time. No entanto, as alterações não surtiram o efeito desejado. Para piorar, aos 31, o árbitro marcou um pênalti a favor do CRB. Léo Gamalho bateu e aumentou a vantagem, 2 a 0 para os alagoanos.

Parecia que tudo estava definido, mas o Vitória foi à luta em busca de diminuir o prejuízo e conseguiu. Aos 45, Bocão cruzou, a zaga do Galo vacilou e Vico aproveitou para marcar, 1 a 2.

O Leão foi para o abafa nos acréscimos e conseguiu no “apagar das luzes” o gol de empate. Após belo lançamento, Marcelinho recebeu, matou no peito e fuzilou o goleiro Victor Souza para empatar o jogo e dar números finais a partida: 2 a 2.