Felipão x Cuca

Felipão e Cuca vão se enfrentar neste domingo, no Allianz Parque - FOTOS: Cesar Greco e Rubens Chiri

Fellipe Lucena
06/04/2019
08:00
São Paulo (SP)

O clássico entre Palmeiras e São Paulo, às 16h deste domingo, no Allianz Parque, terá um reencontro especial fora das quatro linhas: Luiz Felipe Scolari, técnico do Verdão, tem papel importantíssimo na trajetória profissional de Cuca, que fará sua reestreia pelo Tricolor no Choque-Rei.

Em 1987, o técnico Felipão indicou o meia Cuca, então com 24 anos, para o Grêmio. Ele havia se encantado com as atuações do jogador pelo Juventude. E não dá para dizer que o chefe não foi retribuído... Cuca chegou a salvar o emprego dele:

- No Brasileiro de 1987, o Grêmio do Felipão ficou cinco jogos sem ganhar. O Felipão estava a perigo, sabia que seria demitido se não ganhasse do Goiás em Porto Alegre. Então o Felipão chamou o Cuca e disse: "Olha, tu vai jogar, confio em ti. Se eu não ganhar vão me demitir". O Cuca não tinha jogado nenhuma partida como titular, mas o jogo foi 4 a 0, quatro gols dele - lembrou Elvio Coimbra, antigo amigo de Cuca, em uma matéria especial que o LANCE! fez sobre o treinador em 2017.

Os dois se tornaram ídolos do Grêmio - Cuca como jogador e Scolari como treinador. Depois, também conquistaram a torcida do Palmeiras. Cuca chegou a jogar no clube em 1992, quando foi vice-campeão paulista, mas gravou seu nome na história alviverde em 2016, como técnico campeão brasileiro - ainda voltou em 2017 para uma passagem sem taças. Felipão é multi-campeão no Verdão, com troféus de Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro no currículo.

À beira do campo, Cuca leva vantagem nos duelos entre eles: foram cinco vitórias do hoje são-paulino, duas vitórias do palmeirense e dois empates. No último encontro, porém, o Palmeiras de Felipão venceu o Santos de Cuca por 3 a 2 no Allianz Parque.

Os dois treinadores são amigos e costumam se falar com certa frequência. Sempre que foi questionado sobre essa ligação, Cuca fez questão de afastar qualquer tipo de comparação entre eles e de sempre elogiar o antigo comandante. Os dois ficaram ainda mais próximos quando encararam o desafio de dirigirem clubes chineses - Scolari no Guangzhou Evergrande e Cuca no Shandong Luneng.