LANCE!
05/06/2021
21:09
São Paulo (SP)

Embalado por duas vitórias sobre o Corinthians - uma no Brasileiro e outra na Copa do Brasileiro -, o Atlético-GO vitimou mais um grande paulista em sequência. No estádio Antônio Accioly, em Goiânia, o Dragão fez 2 a 0 no São Paulo. O Tricolor, campeão paulista, ainda não venceu e nem fez gol na atual edição do Brasileiro - empatou por 0 a 0 na estreia, contra o Fluminense, no Morumbi. 


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

A partida ficou marcada pelas muitas faltas e cartões amarelos, principalmente no segundo tempo. Ao todo, foram distribuídos nove cartões amarelos. Os goianos venceram com um gol em cada tempo e o São Paulo teve um pênalti assinalado que acabou sendo anulado em seguida, após consulta ao VAR.

Atlético GO x São Paulo
Éder abriu o placar em Goiânia (Foto: Bruno Corsino/ACG)


JOGO COMEÇA DISPUTADO

Os primeiros minutos da partida foram bastante truncados, com os dois times disputando muito a posse de bola. O Atlético Goianiense pressionou a saída de bola do Tricolor paulista, sufocando a equipe adversária. Em um dos lances, o goleiro Volpi precisou driblar Janderson para não perder a posse.

PRESSÃO FAZ EFEITO E O ATLÉTICO ABRE O PLACAR

Aos 22 minutos da primeira etapa, Natanael cobrou falta pelo lado esquerdo do ataque. No cruzamento pelo alto, a bola chegou no zagueiro Eder, no segundo pau, que cabeceou para o fundo do gol e abriu o placar da partida.

No lance do gol, o zagueiro do Tricolor paulista, Léo, falhou na marcação, permitindo que Éder pudesse receber o cruzamento em suas costas e fazer o gol. O lance passou por uma demorada revisão do VAR, que confirmou que não havia impedimento no lance.

SÃO PAULO CRESCE NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO


Após sofrer o gol, o Tricolor passou a buscar mais o ataque, correndo atrás do empate. O time ganhou profundidade no campo de ataque e Rodrigo Nestor foi importante para aumentar a capacidade de criação da equipe.

Nos minutos finais da primeira etapa, o São Paulo encontrou boas chances, com finalizações de Luciano e jogadas perigosas em escanteios. O goleiro do Dragão, Fernando Miguel, fez ótimas defesas e segurou o empate.

SEGUNDO TEMPO COMEÇA COM ESTREIA NO SÃO PAULO


Na volta do vestiário, o Tricolor mostrou uma novidade. O meia-atacante argentino Emiliano Rigoni saiu do banco, substituindo Shaylon, e fez sua estreia pela equipe. O camisa 77 entrou para aumentar a ofensividade do time, jogando pelo lado esquerdo do ataque.

TRICOLOR PAULISTA CORRE ATRÁS DO PLACAR


Na segunda etapa da partida, o São Paulo começou apertando o Dragão, em busca de um gol de empate. Com Rigoni, Rojas e Luciano em campo, o time iniciou os 45 minutos finais do jogo propondo e procurando o ataque.

ATLÉTICO EQUILIBRA O CONFRONTO

Conforme o segundo tempo seguiu, o time da casa voltou a se lançar ao ataque, sendo perigoso em algumas oportunidades. A equipe do Dragão contou com as boas atuações de Dudu e Natanael.

Do outro lado, o São Paulo também criou algumas chances interessantes. Em uma delas, Rigoni acertaria belo chute, mas a bola desviou em Luciano e saiu pela linha de fundo.

Aos 33 minutos do segundo tempo, a pressão do Atlético Goianiense na saída de bola do Tricolor Paulista deu certo. Volpi recebeu a bola dentro de sua área e tentou sair por baixo com Galeano. O ala, porém, ficou sem opções de passe e, ao tentar sair para o jogo, perdeu a bola para Natanael. A bola sobrou para João Paulo, que aproveitou que Volpi estava fora do gol e encobriu o goleiro.

Com o 2 a 0 no placar, o time da casa ficou mais tranquilo na partida, enquanto o São Paulo partiu para o ataque, em busca de um empate heroico nos minutos finais do jogo.

SÃO PAULO TEM PÊNALTI ANULADO

Já nos últimos minutos de jogo, aos 41 minutos do segundo tempo, Luciano foi derrubado na área por Igor Cariús e o juiz apitou pênalti. O VAR, porém, recomendou a correção, e o pênalti foi bem anulado, pois o defensor pegou a bola primeiramente. 

FIM DE JOGO

Após a anulação do pênalti, o Atlético Goianiense segurou o placar de 2 a 0 com tranquilidade e garantiu a sua segunda vitória no campeonato, chegado a seis pontos conquistados.

Do outro lado, o Tricolor segue sem vencer na competição, com um empate e uma derrota.

O próximo jogo do Atlético Goianiense será na próxima quarta-feira (9), contra o Corinthians, no Estádio Antonio Accioly, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A equipe precisa apenas de um empate, ou até uma derrota por um gol de diferença, para se classificar.

O Tricolor volta aos gramados também pela Copa do Brasil. Na próxima terça-feira (8), o time encara o 4 de Julho, do Piauí, pela partida de volta da terceira fase. Após perder o primeiro jogo por 3 a 2, o São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença no Morumbi para obter a vaga.

ATLÉTICO-GO 2 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Antonio Accioly, Goiânia (GO)
Data e horário: 05 de junho de 2021, às 19h
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartões amarelos: Natanael, Willian Maranhão, Lucão e Janderson (Atlético Goianiense), Igor Vinícius, Léo, Reinaldo, Rodrigo Nestor e Tiago Volpi (São Paulo).
Cartões vermelhos: -
Gols: Éder (22'/1ºT) (1-0), e João Paulo (33'2ºT) (2-0).

ATLÉTICO-GO
Fernando Miguel; Dudu, Nathan Silva, Éder e Igor Cariús; Marlon Freitas, Willian Maranhão e João Paulo (Gabriel Baralhas, aos 47'2ºT); Janderson (André Luis, aos 46'2ºT), Zé Roberto (Lucão, aos 28'2ºT) e Natanael.
Técnico: Eduardo Barroca.

SÃO PAULO
Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Galenao, aos 32'2ºT), Shaylon (Rigoni, no Intervalo), Nestor, Gabriel Sara e Reinaldo; Luciano e Rojas (Eder, aos 20'2ºT).
Técnico: Juan Branda.