Foyth

Juan Foyth comemora seu gol (Foto: Reprodução)

LANCE!
10/11/2018
17:28
Londres (ING)

Tottenham e Crystal Palace fizeram o clássico londrino, neste sábado, pela 12ª rodada da Premier League. Burocrático, os Spurs não jogam bem, mas conseguem vitória, fora de casa, por 1 a 0, com gol do zagueiro argentino Juan Foyth. Com a vitória, a equipe de Maurício Pochettino se aproxima do líder Manchester City e diminui vantagem para dois pontos.

Panorama inicial
O Crystal Palace precisava do resultado. Nos últimos cinco jogos anteriores na Premier League, foram quatro derrotas e um empate. Atuando em seu estádio, os Eagles propuseram a partida, no início e criaram boas oportunidades no primeiro tempo, mas nenhuma que pudesse, de fato, levar perigo ao goleiro Lloris.

Marcação forte
O Tottenham teve dificuldade de articular suas jogadas, nos primeiros minutos da partida. O Crystal Palace fazia uma marcação muito forte e dificultava o jogo de posse de bola dos Spurs. Na melhor chance, Dele Alli, de cabeça, não conseguiu abrir o placar.

Faltou criatividade
O primeiro tempo terminou com um Tottenham pouco criativo para furar a defesa do rival. Lucas, Lamela e Dele Alli não foram muito incisivos, o que a partida pedia, tendo em vista o preenchimento dos espaços pelo Crystal Palace. Faltou o um contra um.

Spurs abrem o placar
A partida ainda não tinha um ritmo intenso de jogo. O Tottenham, porém, abriu o placar e ficou mais relaxado no jogo. Após escanteio, a bola rebateu na zaga do Crystal Palace e sobrou para o jovem zagueiro, de apenas 20 anos, Juan Foyth. O argentino cabeceou sem chances para o goleiro Hennessey.

Spurs não conseguem ampliar
Após o gol, o Tottenham passou a gostar mais da partida. Os Spurs passaram a dominar os setores e a criarem mais oportunidades. Apesar de criar chances, a equipe de Maurício Pochettino não conseguiu transformar em gols e ampliar o resultado.

Mais uma derrota para o Palace
O Crystal Palace, por sua vez, conforme o jogo se aproximava do fim, passou a pressionar o rival com mais intensidade, apesar de não exibir tanta organização. Por conta disso, a equipe da casa não conseguiu empatar o jogo e termina a rodada com mais uma derrota na conta.