Kean (Juventus)

Kean foi mais um negro vítima de racismo na Itália (Foto: Gianni Schicchi / AFP)

LANCE!
04/04/2019
13:01
Turim (ITA)

Campeão do mundo em 1998 e um dos grandes ídolos da Juventus, o ex-jogador Liliam Thuram também é conhecido pela lucidez com que analisa situações foras do âmbito futebolístico. O racismo é uma das pautas mais debatidas pelo francês. O ex-lateral não deixou de manifestar sua opinião sobre o caso envolvendo o jovem atacante Moise Kean, os insultos que recebeu contra o Cagliari e as críticas de Bonucci, companheiro de Kean e que disse que o jogador tinha 50% de culpa pelos gritos racistas. Em entrevista ao 'Le Parisien', Thuram criticou o zagueiro da Juve, refletiu sobre o racismo na sociedade e pediu medidas mais efetivas no combate ao preconceito.

A reação de Bonucci
- A reação do Bonucci é tão violenta quanto os gritos de macaco. É igual quando uma jovem é estuprada, e as pessoas notam a maneira como ela estava vestida. É por causa dessas pessoas que nós não andamos para frente.

Violência contra Kean
- O que pode ser dito ao Bonucci é que ele está incentivando a violência contra o companheiro do próprio time. Só porque o Kean fez um gol e comemorou em frente à torcida adversária, é normal ele ser insultado pela cor da pele? Os comentários dele são uma vergonha, é racismo

O que pode ser feito
- O árbitro parou a partida? Alguma coisa foi feita? Estamos mergulhados na hipocrisia. Isso vem acontecendo há anos. Todo mundo diz que vamos parar o jogo na próxima, mas isso não acontece. A conclusão é de que as autoridades do futebol não ligam. Se isso realmente incomodasse eles, a partida seria parada, acredite em mim. O time teria deixado o campo, e nós teríamos encontrado uma solução

Racismo enraizado
- Isso é interessante. Ele diz basicamente o que muitas pessoas pensam, que pretos merecem o que acontece com eles. Ele dividiu a responsabilidade 50-50 entre torcedores e o Kean. Quando você pensa nisso, o companheiro de time do próprio Kean diz que ele merece os gritos de macaco e que os torcedores devem continuar. A pergunta certa para se fazer ao Bonucci é: o que o Kean fez para merecer esses gritos de macaco? Para merecer esse desprezo? Ele não diz que os torcedores estão errados em agir desse jeito, mas que o jogador em parte tem culpa

Solidariedade
- Jogadores que não sofrem com o racismo devem ser solidários. Saibam que jogadores de futebol estão sendo ofendidos em campo, e que essa violência está sendo transmitida para milhões de pessoas. Temos que acabar com isso. Esse jogo é um negócio, então não podemos esperar nada das autoridades. Se eles quisessem parar os jogos, teriam um monte de oportunidades para fazer. Ninguém está interessado em parar os jogos