Lucas Murai

Lucas Murai Alves nasceu em Marília e foi morar no Japão aos 8 anos de idade (Foto: Vinícius Perazzini)

Vinícius Perazzini
12/07/2019
20:08
Praia Grande (SP)

Com uma campanha de três vitórias em três jogos neste sábado, marcando dez gols e sofrendo apenas um, o time misto do Japão no Red Bull Neymar Jr's Five, maior torneio de futebol amador do mundo, foi um dos maiores destaques do primeiro dia da etapa mundial – e final - da competição, na Praia Grande (SP). Chamou a atenção na equipe um jovem habilidoso, armador de boa parte das jogadas do time. E, curiosamente, ele é brasileiro - e só não foi jogador profissional por conta de lesões nos dois joelhos.

Lucas Murai Alves, atualmente com 24 anos, mora no Japão desde os 8 e jogou nas categorias de base do Shimizu S-Pulse, clube da J-League 1, primeira divisão do Campeonato Japonês. No entanto, quando estava às vésperas de se profissionalizar, passou a enfrentar lesões nos dois joelhos e teve que abandonar a carreira.

- Fiz a base no Shimizu S-Pulse e chegou a aparecer possibilidade de ir para a Espanha e até voltar para o Brasil, mas quando eu estava indo para o profissional, tive problemas nos dois joelhos. Não sei como é o termo em português, mas o médico disse que os joelhos estavam "quebrando no meio". Estava quase rachado já. Ele falou que tinha que operar, mas optei por não operar. Eu ainda tentei (seguir no futebol), mas não deu certo só estou brincando agora - disse Lucas, com um português fluente.

Nascido em Marília (SP), Lucas hoje mora em Tóquio e trabalha como modelo e personal trainer. Perguntado se ainda sonha com a profissionalização no futebol, ele admitiu que deixou o sonho no passado:

- Não dá mais, o joelho dói. Quando treino mais forte, o joelho começa a doer. O médico falou que mesmo operando não vai sarar completamente. Então, o que adiantaria operar?

Com os resultados deste sábado, o time de Lucas já está garantido no mata-mata pelo título do Red Bull Neymar Jr's Five, fase que acontecerá neste domingo, no Instituto Projeto Neymar Jr. As equipes campeãs das categorias feminina e mista ganharão um troféu e viagem com tudo pago para acompanhar a rotina de Neymar na Europa.