Neymar Brasil x Catar

SEM RESENHA: Neymar recusou-se a retornar ao PSG e aguarda proposta do Barça (FOTO: EVARISTO SA / AFP) 

LANCE!
11/07/2019
17:38
Paris (FRA) 

O Paris St-Germain pretende fazer Neymar sentir no bolso pela ausência na reapresentação do elenco, na última segunda-feira. O clube francês deve multar o brasileiro em R$ 1,6 milhões, com base no mecanismo de ética, que está presente em todos os contratos esportivos do clube, incluindo o futebol feminino e o handebol. O jornal "Marca" publicou, nesta quinta-feira, o trecho do documento que sustenta a punição ao atacante. 

"Comportamento exemplar em relação a patrocinadores ou rivais, árbitros e delegados, pontualidade e assiduidade a todos os treinamentos, a proibição de apostar em competições nas quais o clube participa ou mesmo o respeito pela mídia são algumas das medidas estabelecidas no bônus ético."

DE MALAS PRONTAS
A situação de Neymar em Paris é insustentável. A ausência nos treinamentos da equipe francesa só aumentou os rumores ligando o atleta de 27 anos ao Barcelona, seu ex-clube. Na última segunda-feira, o brasileiro Leonardo, diretor esportivo do PSG, admitiu que a saída do jogador é iminente. 

PROVOCOU?
Sem se reapresentar ao clube parisiense, Neymar aproveitou a última terça-feira para jogar futevôlei com amigos no bairro Butantã, em São Paulo (veja no vídeo). A ausência rendeu uma nota oficial do Paris St-Germain, afirmando que a direção tomaria as medidas apropriadas diante da má conduta.