Cristiano Ronaldo - Juventus x Napoli

CR7 é acusado pela americana Kathryn Morgan de estupro (Foto: Marco Bertorello / AFP)

LANCE!
10/10/2018
09:35
Las Vegas (EUA)

O porta-voz da polícia de Las Vegas, Jacinto Ribera, assegurou que Cristiano Ronaldo não está acusado de nenhum crime, segundo o jornal italiano 'Tuttosport'. O porta-voz ainda ressaltou que, em algum momento, vão ter que escutar o craque português, apesar ainda não haver a necessidade do jogador ir para Las Vegas. CR7 é acusado pela americana Kathryn Morgan de estupro.

- (CR7) Não está acusado de nenhum delito. O mais provável é que se escute Cristiano Ronaldo, mas como uma pessoa interessada nos fatos, não como alguém incriminado - disse o porta-voz ao 'Tuttosport'

Provas somem
Sobre as provas que a polícia poderia ter em seu domínio, desde 2009, sobre o caso, Jacinto Ribera deixou claro que "não pode responder" sobre esse assunto e preferiu optar pelo silêncio. Segundo a revista alemã 'Der Sipegel' (publicação que anunciou o caso), a polícia perdeu as provas contra Cristiano Ronaldo, que incluíam o vestido e a roupa íntima usada por Kathryn.

Reunião secreta com advogados
Segundo o 'Daily Mail', Cristiano Ronaldo se reuniu "secretamente" com seus advogados em Lisboa. Na parada do Campeonato Italiano, por conta da data Fifa, Cristiano e sua mulher, Georgina, foram fotografados no hotel Tivoli, em Lisboa.

Entenda o caso
A revista alemã noticiou o caso em 2017 e publicou uma entrevista com Kathryn, que detalhou o ocorrido, alegando que Cristiano Ronaldo teria tentado fazer sexo sem o seu consentimento, após a americana recusar fazer sexo oral no português.

O português teria atacado Kathryn, enquanto a americana trocava de roupa para conhecer a jacuzzi da cobertura do hotel, local em que CR7 estava hospedado. A defesa alega que o português se aproveitou da fragilidade emocional da americana para que Kahtryn assinasse o acordo que comprava o seu silêncio.