Matheus Cunha

Golaço de Matheus Cunha foi indicado ao Puskas (Foto: Reprodução/ Bundesliga)

LANCE!
21/08/2019
16:05
Leipzig (ALE)

O brasileiro Matheus Cunha chamou atenção por ter sido indicado ao 'Prêmio Puskas', que premia o gol mais bonito da temporada, por seu tento contra o Bayer Leverkusen, em 2018/19. Revelado pelo Coritiba e um dos destaques da base da Seleção Brasileira, conheça a história de uma das promessas do futebol brasileiro.

O GOLAÇO
O atacante chegou no RB Leipzig, em 2018 e foi um dos destaques da importante campanha da equipe na última temporada. O clube ficou em terceiro no Alemão e garantiu vaga na Liga dos Campeões. Matheus disputou 39 jogos, sendo apenas nove como titular, mas era figura certa no segundo tempo. Foi saindo do banco que marcou o golaço que lhe valeu a indicação ao 'Puskas'. Aos 38 minutos da segunda etapa, Matheus girou no marcador e bateu de cobertura (veja abaixo) para sacramentar a vitória, por 4 a 2, sobre o Bayer Leverkusen.

REPERCUSSÃO
Em seu Twitter oficial, o RB Lepizig exaltou o gol e disse, na época, que se tivesse sido o Messi a marcar o tento, "fariam um documentário de duas horas sobre o gol". Ronaldinho Gaúcho parabenizou em seu 'Instagram' o feito de Cunha, que disse, ao jornal alemão 'Bild', que aprendeu o drible jogando futebol nas praias brasileiras.

- O futebol é cultural na Alemanha, assim como no Brasil. Os estádios estão sempre cheios, é muito divertido. A combinação de tecnologia, tático e mentalidade me deixa muito feliz. Mal posso esperar para jogar a Liga dos Campeões - disse o atacante ao jornal alemão 'Bild'.

Leverkusen x Leipzig - Matheus Cunha
Matheus Cunha é um dos destaques do Alemão (Foto: Divulgação/Twitter)

COXA BRANCA
O gol lhe rendeu notoriedade na Europa e abriu os olhos dos brasileiros. Nascido na Paraíba, o jogador não teve muito destaque no Brasil. Revelado pelo Coritiba, Matheus sequer jogou pelo profissional. Com a camisa do Coxa, o jogador disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2017. O clube foi eliminado na terceira fase pelo Corinthians.

Matheus Cunha - Coritiba
Matheus com a camisa do Coritiba (Foto: Divulgação/Coritiba)

100% VALORIZADO
Pelo Coxa, Matheus também disputou a Copa Dallas nos Estados Unidos. Lá, chamou a atenção de olheiros do Sion. Em julho de 2017, deixou o Coritiba por 1,5 milhões de euros (R$ 5,5 milhões) para o novo desafio na Suíça. Em sua primeira passagem por um clube europeu, marcou dez gols em 31 jogos.

- Decidi vir para Suíça para me adaptar ao futebol europeu e, consequentemente, fazendo um bom campeonato ajudando o Sion. Tenho o sonho, um projeto, de jogar em um grande time, com uma grande capacidade de brigar por competições maiores. Meu principal objetivo é me adaptar aqui para depois ir para um campeonato maior - disse ao 'Globoesporte.com', em 2017.

Matheus Cunha - Sion
Matheus Cunha com a camisa do Sion (Foto: Divulgação/Sion)

O West Ham quis sua contratação, mas foi o RB Leipzig que o contratou. Os alemães pagaram 15 milhões de euros (R$ 67 milhões), ou seja, uma valorização de 100% em seu passe. Começava o objetivo de jogar em um campeonato maior.

FUTURO DA AMARELINHA

Matheus Cunha na Seleção Brasileira sub-20
O atacante foi o artilheiro do Torneio de Toulon (Foto: Fernando Torres/CBF)

O atacante também tem mostrado grande desempenho na base da Seleção Brasileira. Foi ele o artilheiro do último Torneio de Toulon, tradicional competição de base, que o Brasil é o atual campeão. O jogador é uma das apostas do Brasil para a disputa das Olimpíadas de Tóquio, em 2020.