Liechtenstein x Itália - Eliminatórias Euro

Itália não entra em campo há dez meses devido à paralisação do futebol mundial por causa da Covid-19 (Foto: STEFAN WERMUTH / AFP)

LANCE!
03/09/2020
15:02
Florença (ITA)

Em jogo válido pelo grupo 1 da Liga das Nações, a Itália fará a sua estreia no torneio contra a Bósnia Herzegovina, no Artemio Franchi, às 15h45 (horário de Brasília), nesta sexta. O confronto marcará também a estreia do novo uniforme da Azurra, que é inspirado em padrão gráfico do Renascimento. 

Após dez meses sem entrar em campo devido à Covid-19, o técnico Roberto Mancini comandou os treinos da seleção em Coverciano, CT da federação do país, em Florença, para os primeiros jogos no ano, pela Liga das Nações. Na próxima segunda, a Itália voltará a campo para encarar um desafio ainda mais complicado, a Holanda. 

Segundo o treinador da seleção tetracampeã mundial, durante a coletiva de imprensa, o grupo está em evolução e tem que buscar a vitória na estreia da competição. Defendendo uma sequência de 11 vitórias, ele também comentou sobre o desfalque de Pjanic, que não deve entrar em campo pela Bósnia. “Eles não têm o Pianjc, mas continuam a ser uma excelente equipa."

- A esperança é começar de novo como terminamos há 10 meses e que as pessoas continuem a nos seguir. Até agora a nossa seleção tem estado bem, mas ainda tem espaço para melhorias em todos os pontos de vista, técnicos e táticos, e todos os dias trabalhamos para crescer - disse.

Por fim, o treinador se mostrou empolgado com a boa fase de alguns de seus atletas como Belotti e Immobile, que devem estar em campo pela Azurra. Ele também assegurou que outros nomes podem retornar nas próximas convocações e que todos terão oportunidade de mostrar serviço.

- São duas certezas para nós (Belotti e Immobile), mas as portas da seleção estão abertas para todos, até para quem não está aqui agora. O grupo está em sua maioria formado, não vamos nos desviar muito na visão dos europeus, mas alguns podem voltar - frisou

Possíveis escalações

Itália: G. Donnarumma, G. Chiellini, L. Bonucci, G. Di Lorenzo, C. Biraghi; B. Cristante, Jorginho, N. Zaniolo; C. Immobile, L. Insigne e F. Chiesa. Técnico Roberto Mancini. 

Bósnia:  I. Sehic, E. Bicakcic, A. Kovacevic, Z. Kvrzic, S. Kolasinac; G. Cimirot, H. Hajradinovic, M. Besic; E. Visca, E. Dzeko, A. Gojak. Técnico: Dušan Bajević.