The Best - Infantino

Gianni Infantino é acusado de acobertar fraudes em Fair-Play financeiro (Foto: AFP)

LANCE!
02/11/2018
16:20
Zurique (SUI)

A tradicional revista alemã, Der Spegel, trouxe nesta sexta-feira uma denúncia contra o presidente da FIFA, Gianni Infantino. De acordo com a publicação, o dirigente, assim como o ex-jogador francês e ex-presidente da UEFA, Michel Platini, acobertaram os casos das fraudes de Manchester City e PSG no Fair-Play financeiro imposto pela entidade. 

O caso aconteceu em 2015 e os presidentes, ainda de acordo com a publicação se reuniram para acordar o acobertamento da UEFA no caso. Na época, Infantino era secretário geral da UEFA e Platini, o presidente. Assim, os clubes foram poupados de serem punidos de competições europeias e até mesmo inscreverem jogadores. 

O Fair-Play financeiro permite investimento externo, mas estabelece um valor máximo de 15 milhões de euros. Só em 2015, o PSG recebeu 100 milhões de euros de investidores do Catar. Enquanto isso, o Manchester City recebeu 26 milhões de euros a mais do que o escrito no contrato.