Thomas Partey

Partey com a taça da Liga Europa (Foto: Reprodução)

LANCE!
07/02/2019
15:39
Madri (ESP)

Uma das peças importantes do Atlético de Madrid nas últimas temporadas, o meio-campista Thomas Partey continua ganhando espaço na equipe colchonera. Apontado como um dos grandes jogadores africanos da nova geração, o ganês afirmou que os atletas de seu continente são desvalorizados.

Segundo Partey, jogadores famosos como o camaronês Samuel Eto'o e o marfinense Didier Drogba seriam eleitos melhores do mundo se fossem jogadores europeus e não africanos.

- Normalmente valoriza-se mais os jogadores europeus que os africanos. Já tivemos muitos jogadores de qualidade como o Yaya Touré e o Michael Essien, que acabam por ser vistos como ‘bons’, apenas. Como são da África, não os colocam no nível de um Modric, Messi ou mesmo do Cristiano Ronaldo. Os exemplos do Eto’o e do Drogba são gritantes: marcaram muitos gols e podiam ter ganho a Bola de Ouro, mas nunca os colocaram nesse nível - disse em entrevista ao 'Mundo Deportivo'.

No Atlético de Madrid desde 2015, Thomas Partey tem 125 partidas com a camisa Colchonera, com 11 gols marcados, 10 assistências e foi campeão da Liga Europa e da Supercopa Europeia.