LANCE!
18/12/2018
14:02
Paris (FRA)

O PSG anunciou nesta terça-feira o afastamento de Adrien Rabiot. O meia tem contrato até o fim da temporada e decidiu não renovar com o clube, o que fez a diretoria não ter mais interesse em sua utilização.

Em entrevista ao "Yahoo Sport" da França, o diretor esportivo do PSG, Antero Henrique, afirmou que o clube não vai mais negociar uma renovação de contrato com Rabiot e que não tem mais interesse em utilizá-lo até o fim da temporada.

- (Não renovar) foi uma decisão tomada pelo clube após uma reunião com o jogador. Rabiot me informou que não iria assinar um contrato e que queria deixar o clube no final da temporada por estar livre, ou seja, no final do vínculo. Para o jogador, isso terá uma consequência muito clara: ele permanecerá na reserva por um período indeterminado - declarou o dirigente.

Não é de agora que o PSG vem tentando negociar com o jogador, que tem se mostrado irredutível. Em maio, o "L'Équipe" já havia noticiado sobre as dificuldades que o clube teria para renovar com Rabiot. A partir de janeiro, ele já poderá negociar um pré-contrato com qualquer clube e sair de graça. Em julho deste ano, rumores de que o Barcelona gostaria de tê-lo no elenco aumentaram e os espanhóis aparecem como principal destino do apoiador.

Antero Henrique falou ainda sobre a reviravolta do caso.

- Vários meses atrás, tivemos conversas positivas com seu representante, na perspectiva de que ele permanecesse no clube e assinasse um novo contrato. Também aceitamos todas as condições do jogador relacionadas ao campo esportivo. Nós havíamos discutido essas condições para que ele ficasse conosco por muitos anos. Mas, infelizmente, de agora em diante, as discussões pararam totalmente - disse o diretor, afirmando que o clube se sente enganado pelo jogador:

Rabiot - PSG x Estrela Vermelha
Rabiot tem apenas 23 anos de idade (Foto: Franck Fife / AFP)

- Parece que o jogador e seu representante nos enganaram por vários meses. Devo acrescentar que essa situação é desrespeitosa tanto para o clube quanto para os torcedores. Especialmente de um jogador que jogou vestindo nossas cores desde as categorias de base até o time principal. Um jogador que sempre recebeu o apoio total do clube.

Nesta temporada, Rabiot vestiu a camisa do PSG em 20 jogos, anotando dois gols. Vale destacar que o meia teve problemas também com o técnico da França, Didier Deschamps, que o deixou na lista de espera para a Copa do Mundo, o que deixou o jogador revoltado.