Troféu da Copa Sul-Americana

Athletico-PR é o atual campeão da Copa Sul-Americana (Foto: MARCELO ENDELLI / POOL / AFP)

LANCE!
27/05/2022
13:19
Luque (PAR)

Estão definidos os oito confrontos das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Nesta sexta-feira, a Conmebol sorteou os duelos do mata-mata da competição em Luque, no Paraguai. Além dos jogos, a entidade definiu também o chaveamento até a decisão.


Cinco brasileiros disputarão esta fase da competição, sendo todos eles provenientes da fase de grupos. São eles: Santos, São Paulo, Internacional, Atlético-GO e Ceará. Cuiabá e Fluminense, que também disputaram os grupos, foram eliminados. Lanús (ARG), Melgar (PER) e Unión de Santa Fe (ARG) completaram a lista.

+ Veja a tabela e os jogos da Copa Sul-Americana 2022

+ Confira os jogos das oitavas de final da Libertadores 2022


O regulamento da Copa Sul-Americana dá a vaga dos terceiros colocados da Libertadores para as oitavas de final da segunda competição mais importante do continente. Foram eles: Deportivo Táchira (VEN), The Strongest (BOL), Nacional (URU), Independiente del Valle (EQU), Deportivo Cali (COL), Colo-Colo (CHI), Olimpia (PAR) e Universidad Católica (CHI).

CONFIRA OS CONFRONTOS

Deportivo Táchira (VEN) x Santos

Nacional (URU) x Unión de Santa Fe (ARG)

Universidad Católica (CHI) x São Paulo

Colo-Colo (CHI) x Internacional

Deportivo Cali (COL) x Melgar (PER)

The Strongest (BOL) x Ceará

Olimpia (PAR) x Atlético-GO

Independiente del Valle (EQU) x Lanús (ARG)

Os times que farão o segundo jogo em casa estão à direita.


+ “Segue virgem”! Fluminense aplica goleada histórica, é eliminado da Sul-Americana e vira piada na web

+ Saiba os clubes do Brasil com mais sócios-torcedores

A Conmebol ainda não infirmou as datas das partidas, mas é certo que os jogos serão realizados entre os dias 28, 29 e 30 de junho (ida) e 5, 6 e 7 de julho (volta). A entidade ainda irá desmembrar os duelos e seus respectivos horários.

A final da Copa Sul-Americana está marcada para o dia 1º de outubro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Será a primeira vez que o Brasil receberá a decisão do torneio desde que a Conmebol adotou o sistema de jogo único na finalíssima.