Pedri e Messi - Barcelona

Pedri e Messi comemoram gol do Barcelona (Foto: Divulgação/La Liga)

LANCE!
08/01/2021
08:31
Barcelona (ESP)

Pedro González López, mais conhecido como 'Pedri', deu um passo gigante em sua curta e já promissora carreira. O craque de 18 anos, natural das Ilhas Canárias, brilhou com o Las Palmas na segunda divisão espanhola em 2019/2020 e agora já é peça importante no time principal do Barcelona - após um acordo entre as duas equipes, sacramentado em setembro do ano passado.

+ Bayern interessado em meia, e United pode pagar R$ 653 milhões em jogador rival… Veja o Dia do Mercado

Nascido em Tegueste, uma cidade na ilha de Tenerife, em novembro de 2002, Pedri deu seus primeiros passos no futebol nas categorias juvenis do clube UD Tegueste, de sua cidade natal. Sua habilidade era clara para os observadores de talentos locais (os populares "olheiros"), embora os do Tenerife - maior clube da ilha - inicialmente o considerassem pequeno e magro demais para se destacar no nível superior.

Embora o Tenerife tenha tentado, mais tarde, assinar com o astro em ascensão, Pedri já havia se comprometido com a Juventud Laguna - outro clube da ilha, com uma excelente reputação pelo desenvolvimento de jogadores. Nano Mesa, do Eibar, e o Samu Pérez, do Real Valladolid, são apenas alguns dos outros jogadores que chegaram da Juventud Laguna à La Liga nos últimos anos.

+ Confira a tabela atualizada da La Liga

Durante os três anos que passou no clube, Pedri aprimorou suas habilidades e os sussurros começaram a se espalhar sobre o quão bom ele era - até que na primavera europeia de 2018, aos 15 anos, ele ganhou um teste no Real Madrid. Mas foi com a camisa amarela do Las Palmas (um dos grandes rivais locais do Tenerife) que ele realmente teve oportunidade e brilhou, assinando contrato em maio de 2018.

Pedri - Las Palmas
Pedri se destacou pelo Las Palmas (Foto: Divulgação/Las Palmas)

Pedri assinou contrato para jogar pela base do Las Palmas, onde continuou seu desenvolvimento durante a temporada 2018/2019 - aprendendo a jogar em várias posições diferentes na linha de ataque. Mas seu talento brilhou tanto que o jovem foi promovido à equipe principal pelo técnico Pepe Mel. Com o número 28 nas costas, Pedri estreou no dia 18 de agosto, na derrota por 1-0 para o Huesca, com apenas 16 anos, oito meses e 24 dias.

Não demorou muito tempo para outros clubes do continente começarem a se interessar por esse jovem, com o Barcelona sendo o grande vencedor desta "corrida". Em setembro de 2019, o clube catalão anunciou que Pedri se juntaria ao elenco bleugrana após a conclusão da temporada 2019/2020.

Ninguém sabia, na época, quanto tempo duraria a temporada 2019/2020. Mas, mesmo após o intervalo de três meses imposto pelo coronavírus, o Las Palmas completou sua temporada e encerrou sua participação na segunda divisão em nono lugar. Em nível individual, Pedri teve um ano que nunca esquecerá. Esta não foi apenas sua primeira temporada no futebol profissional, mas também a que ele atuou em nada menos que 35 partidas no campeonato - mais do que ele poderia imaginar -, marcando três gols e dando sete assistências.

- Ele é alguém que parece ter uma idade diferente da sua idade real, alguém que parece mais velho -  explicou o presidente da Juventud Laguna, Julio Hernández, em uma entrevista recente.

- Acho que Pedri é uma bênção para o futebol espanhol - disse o técnico Pepe Mel, em uma conferência de imprensa em Las Palmas.

Pedri e Messi - Barcelona
Pedri e Messi em ação pelo Barcelona (Foto: Divulgação/La Liga)

Todos aqueles que se depararam com Pedri parecem tão fascinados pela rápida ascensão quanto empolgados com seu futuro. Agora, os torcedores do Barcelona estão descobrindo o quão bom esse jovem é (e ainda pode ser). A política do clube catalão de dar chance às estrelas em ascensão, como visto na temporada passada com o surgimento de Ansu Fati, Riqui Puig e Ronald Araújo, também ajuda.

+ Confira a tabela atualizada da La Liga

E Pedri tem tudo para ser o próximo jovem a deslumbrar o Camp Nou, ainda mais com a parceria de Lionel Messi. Até o momento, são 17 partidas na temporada, com dois gols feitos e duas assistências - incluindo um de cada no duelo deste meio de semana, contra o Athletic Club, fora de casa, em partida adiada da segunda rodada da La Liga. Primeiro, empatando a partida no início do primeiro tempo. E depois, de calcanhar, servindo Messi para decretar a virada no placar.

Essa parceria com a craque argentino já foi, inclusive, elogiada pelo técnico holandês Ronald Koeman

- É um jogador muito bom, com conexão muito boa com Leo. Está trabalhando muito, também é importante para o time sem a bola. O vejo muito confortável. E os bons sempre se entendem.

Invicto há seis rodadas, o Barcelona embalou e já ocupa a terceira colocação na tabela, com sete pontos a menos (e dois jogos a mais) que o líder Atlético de Madrid. O clube volta a campo neste sábado, às 14h30 (de Brasília), quando visita o Granada CF no estádio Nuevo Los Cármenes.