Eduardo Mancha - Machine Sazi

Eduardo Mancha relatou os procedimentos para volta do futebol no Irã (Foto: Divulgação/Machine Sazi)

LANCE!
30/06/2020
21:05
São Paulo (SP)

O brasileiro Eduardo Mancha reestreou com a camisa do Machine Sazi, do Irã, na última segunda. Este foi o jogo que marcou o retorno para o clube iraniano, o último havia sido ainda em março. Mancha admitiu que o time sentiu fisicamente, mas elogiou o protocolo de segurança.

- Fisicamente acho que atrapalhou um pouco, pelo tempo que ficamos parados. Mas foi tudo tranquilo, os clubes estão seguindo o protocolo da federação. Aqui no Irã já está bem melhor, tudo funcionando normalmente, com todos tomando os devidos cuidados.

Mancha e o Machine Sazi voltam a campo no próximo domingo, contra o Naft Masjed. O brasileiro espera que sua equipe esteja melhor e com mais ritmo de jogo, mas admite que o período de quarentena atrapalha na retomada física.

- O período de quarentena foi um pouco complicado, acho que não só para mim mas para todos os jogadores. Eu continuei me cuidando, fazendo treinamentos sozinho para quando voltasse os treinos eu não estivesse tão abaixo. Isso me ajudou muito!