Messi

Messi fez dois gols na partida (Foto: Reprodução)

LANCE!
01/05/2019
18:51
Barcelona (ESP)

O Barcelona venceu o Liverpool, por 3 a 0, nesta quarta-feira e deu um passo gigante para garantir a vaga na final da Liga dos Campeões. O L! avaliou a atuação de cada jogador presente nesta grande partida. Messi, destaque do jogo, foi o melhor em campo, enquanto Salah foi um dos melhores dos Reds. Confira todas abaixo.

BARCELONA


Ter Stegen: 8,5
• Muito bem colocado sempre que acionado, fez duas grandes defesas no início do segundo tempo em chutes de Milner e de Salah. Que fase!

Sergi Roberto- 6,0
• Passou sufoco sempre que Mané caiu pelo seu setor. Apoiou pouco o ataque. Na etapa final, com a entrada de Semedo, foi para o meio e cresceu, aparecendo com protagonismo no segundo gol do Barça.

Piqué- 6,5
• Embora envolvido pelo ataque inglês em alguns lances, principal-
mente quando saiu na cobertura de Sergi, fez partida consistente.

Lenglet- 6,5
• Sempre preocupado em dar cobertura a Alba nas investidas de Salah, não teve um segundo de paz. Outro que fez jogo correto na defesa.

Alba- 8,0
• Travou duelo com Salah e levou a melhor na maioria das vezes. Quando apoiou, foi excepcional no contra-ataque, no lançamento e na objetividade. A assistência para o gol de Suárez foi cinematográfica.

Barcelona x Liverpool
Ter Stegen foi um dos melhores em campo (Foto: Reprodução)

Vidal- 5,5
• Escalado para o lugar do brasileiro Arthur, pecou na cobertura a Sergi e foi facilmente envolvido pelos rivais. No segundo tempo, um pouco mais solto. Mas medroso quando teve chance para arrematar a gol.

Busquets- 6,5
•Precisou jogar recuado para tentar anular as investidas do Liverpool pelo meio da defesa catalã. Partida correta..

Rakitic- 6,0
• Muito nervoso nos primeiros minutos, perdendo uma grande chance e quase dando um gol de presente para Mané. Aos poucos, se acalmou. Na etapa final, salvou um gol na linha.

Messi- 9,0
• Um leão no apoio, puxando as principais jogadas e aparecendo sempre com perigo nos dois tempos. Fez dois gols: um com muita de sorte e outro, que foi a falta mais bem cobrada dos últimos anos. Pintura.

Barcelona x Liverpool
Messi fez história novamente (Foto: AFP)

Philippe Coutinho- 6,5
• Entrou a mil, com dribles, assistências e finalizações, fazendo bom primeiro tempo,. Na etapa final, mais sumido, foi substituído por Semedo.

Suárez- 8,0
• Lutou por todas as bolas e jogou com raça digna de aplauso. Recompensado com o fim do jejum de gol e pela participação direta em um dos gols de Messi.

Semedo- 6,5
• Entrou no segundo tempo na vaga de Coutinho e mostrou-se um lateral mais seguro do que Sergi.

Ernesto Valverde- 6,5
• Montou bem o time na etapa inicial, mas a tática medrosa na etapa final foi bastante arriscada. Felizmente ele tem Ter Stegen e Messi no time.

Dembélé - 3,5
• Jogou poucos minutos, mas tem nota ruim pelo gol inacreditável que perdeu.

Aleña - Sem nota
• Entrou nos acréscimos.

LIVERPOOL

Alisson- 6,5
• Bem nas defesas em longa distância, sem culpa nos gols e bem nas saídas de bola. Teve um atrito com Suárez.

Gomez- 5,5
• Escolha ruim de Klopp para o setor, pois foi dominado por Alba e Coutinha na lateral-direita. Na frente, pouco fez.

Matip- 6,0
• Preocupado com a cobertura a Gomez, acabou dando espaços. O gol de
Suárez saiu pelo seu setor.

Van Dijk- 7,0
• O melhor zagueiro do mundo teve muito trabalho sempre que viu Messi cair pelo seu raio de ação. Esteve bem na cobertura e no jogo aéreo.

Mané e Van Dijk
Van DIjk teve dificuldades com Messi (Foto: Reprodução)

Robertson- 6,5
• Tem a fama de ser o lateral com o melhor cruzamento do futebol mundial, mas pouco se aventurou na frente, já que Messi, Suárez, Rakitic e Vidal caíam muito pelo seu setor.

Fabinho- 7,0
• Buscou fazer o seu tradicional trabalho de fechar o meio da defesa. As boas triangulações do Barcelona pelo seu setor fizeram o brasileiro ter trabalho triplicado. No geral, se saiu se bem.

Keita- 5,5
• Fazia o jogo de sempre, de marcação e rapidez ao iniciar a criação. Mas se
machucou e saiu com 23 minutos.

Milner- 6,5
• Na marcação, abusou das jogadas mais viris. Numa delas jogou Messi para fora do gramado. No apoio, sempre perigoso quando chegou à área. Cresceu na etapa final, quando o Liverpool sufocou o Barça na marcação, e quase fez o gol em duas oportunidades.

Wijnaldum- 5,0
• Escolha de Klopp para o lugar de Firmino, foi pouco objetivo no ataque e
pouco tocou na bola.

Salah- 7,5
• Um terror para a defesa do Barcelona, buscando iniciar os contra-ataques e quase sempre chegando próximo da área. O melhor do time.

Mané- 7,0
• Engoliu Sergi e deu trabalho para Piqué. Faltou mair eficiência nos arre-
mates. Caiu na etapa final.

Salah
Salah fez boa partida (Foto: Reprodução)

Henderson- 6,5
• Entrou e ajudou a fechar um pouco mais o setor direito da defesa, moni-
torando os avanços de Alba e arriscando algumas idas ao ataque.

Fimino- 6,0
• Entrou na reta final da partida. Teve uma chance de nada mais.

Origi- Sem nota
• Jogou poucos minutos.

Jurgen Klopp - 5,5
• Apostas erradas no 11 inicial, pôs o time no ataque no segundo tempo,
mas Firmino entrou muito tarde.