Mourinho provoca

Gesto de Mourinho direcionado às arquibancadas do Allianz Stadium (Foto: AFP)

LANCE!
09/11/2018
18:39
Nápoles (ITA)

O técnico do Napoli, Carlo Ancelotti, saiu em defesa de José Mourinho, que fez um gesto polêmico que irritou torcedores e jogadores da Juventus após vitória do Manchester United por 2 a 1, na última quarta-feira, em Turim.

- Após 90 minutos de insultos, pode acontecer. Infelizmente, tendemos a ofuscar os insultos, é uma cultura geral: acontece também em Nápoles e Milão. Chega de insultos - declarou Ancelotti, em entrevista coletiva.

O Manchester United conseguiu a virada sobre a Juventus com dois gols no fim. Após o apito final do árbitro, Mourinho entrou no campo, colocou a mão na orelha e fez sinal para que a torcida italiana o vaiasse mais, em claro tom de deboche.

- Quem entra em campo tem uma responsabilidade antes, depois e durante os jogos. A reação de Mourinho é compreensível, até porque não era vulgar, mas apenas irônico - declarou o técnico do Napoli.

Após a vitória, Mourinho explicou o gesto em direção à arquibancada.

- Me insultaram durante os 90 minutos, faço meu trabalho e nada mais. Ao final não ofendi ninguém de volta, fiz o gesto porque queria ouvi-los (torcedores da Juventus) mais um pouco. Venho aqui como um profissional que faz seu trabalho e escuto pessoas insultarem minha família, por isso que tive essa reação, mas não quero pensar nisso.

No próximo domingo, o Manchester United visita o rival Manchester City, no Etihad Stadium, às 14h30 (de Brasília).