Cristiano Ronaldo - Juventus x Napoli

Cristiano Ronaldo está confirmado como titular da Juventus (Foto: Marco Bertorello / AFP)

LANCE!
05/10/2018
09:20
Turim (ITA)

A acusação de estupro que recai sobre Cristiano Ronaldo também afeta diretamente a Juventus. A ação do clube italiano caiu 5% nesta sexta-feira na Bolsa de Milão.

Às 11h20 na Itália (6h20 em Brasília), a ação da Velha Senhora, que estava em alta após a chegada do craque português, perdia 5,07%, a 1,254 euro (R$ 5,59), em um mercado de queda de 0,99%.

Na última segunda-feira, a polícia de Las Vegas reabriu a investigação de uma ação apresentada por Kathryn Mayorga, atualmente com 34 anos, que afirma que Cristiano Ronaldo a forçou a fazer sexo anal em junho de 2009.

Cristiano Ronaldo negou veementemente as acusações. Pelas redes sociais, ele disse que não alimentaria um "espetáculo midiático montado". No entanto, os seus principais patrocinadores começaram a manifestar sua preocupação. Entre eles a Nike e a EA Sports (editor do jogo de videogame Fifa).

- Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjeto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo mediático montado por quem quer se promover à minha custa - declarou.


Cristiano Ronaldo foi elogiado pelo técnico Massimiliano Allegri, que o confirmou como titular na partida diante da Udinese, neste sábado, pelo Campeonato Italiano.

- Ele está bem. O conheci há três meses, mas posso dizer que em sua carreira sempre provou seu profissionalismo no campo e fora dele, e também é engajado socialmente. E amanhã (sábado) está pronto para retornar.

CR7 pediu ainda para não ser convocado para a seleção portuguesa para os jogos contra Polônia, pela Liga das Nações, e o amistoso diante da Escócia.