derrick henry ryan tannehill tennessee titans

Derrick Henry, mais uma vez, foi o pesadelo do Baltimore Ravens (Will Newton/Tennessee Titans)

LANCE!
22/11/2020
17:33
Baltimore (EUA)

Relembrando os playoffs de 2019, Derrick Henry correu para vitória do Tennessee Titans sobre o Baltimore Ravens, neste domingo (22), pela semana 11 da NFL. Desta feita, porém o running back teve números mais modestos, mas decidiu a partida da mesma forma. Na prorrogação, o camisa 22 quebrou tackles e correu direto para endzone: 30 a 24 no placar final.

Tennessee chegou ao sétimo triunfo em dez partidas em 2020. Os Ravens têm seis vitórias e quatro derrotas.

O cenário foi o mesmo da partida da pós-temporada, o M&T Bank Stadium, em Baltimore. O roteiro foi bem diferente, entretanto. Titans abriu o marcador logo no primeiro drive, mas sofreu a partir daí na etapa inicial, pontuando apenas novamente em um field goal. Baltimore, por outro lado, diferentemente dos playoffs, conseguiu mover a bola, anotando dois field goals e um touchdown. Final da primeira etapa 14 a 10, vantagem para os mandantes.

A etapa final, entretanto, os Titans voltaram a partida. A defesa conseguiu frustrar Lamar Jackson, forçando uma interceptação do quarterback de Baltimore, que é apenas uma sombra do MVP da temporada 2019. No ataque, Ryan Tannehill começou a conectar passes com AJ Brown e, especialmente, Corey Davis – 113 jardas. Os visitantes anotaram um touchdown, faltando pouco mais de dois minutos, para assumir a vantagem: 24 a 21.

Lamar Jackson conduziu um drive que parou na beira da endzone dos Titans, com Justin Tucker marcando o field goal e mandando a partida para a prorrogação. O Baltimore até começou com a bola, mas nada produziu na sua primeira série. Os Titans, por outro lado, conduziram um drive cirúrgico. Já em condição de chutar um field goal, Derrick Henry disparou para a endzone e garantiu mais um triunfo para os Titans.