Bruno Spindel, Michael e Marcos Braz

Michael foi contratado após destacar-se pelo Goiás em 2019 (Foto: Paula Reis/Flamengo)

Matheus Dantas
25/01/2021
19:50
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo não cumpriu o prazo acordado e atrasou o pagamento de uma parcela referente à compra de Michael ao Goiás, que deveria ser feita nesta segunda-feira. Os clubes, porém, já estão negociando novas condições para o acerto financeiro. A tendência é de que o Rubro-Negro pague parte dos 2,5 milhões de euros - montante que deveria ser depositado hoje - até quarta-feira, como apurou o LANCE!. A notícia sobre o atraso foi dada pelo portal "Goal".

O restante do valor deve ser pago em fevereiro. A exigência do Goiás é ter uma garantia bancária para isso.  O Flamengo trata com o Goiás desde a última sexta-feira. Pelo lado do Goiás, o vice-presidente do Conselho Deliberativo Edmo Pinheiro é quem está à frente da negociação. Pela direção do Goiás, a situação é encarada com naturalidade. e não há "estresse" entre as partes.

Há uma multa estipulada em contrato de 20% caso o Flamengo não quitasse a parcela - como veio a acontecer -, mas o valor não deverá ser cobrado caso a negociação ande da forma com que os dois clubes esperam neste momento.

Michael foi contratado pelo Flamengo no início de 2020, após destacar-se pelo Goiás no Campeonato Brasileiro de 2019. O investimento no atleta supera os R$ 33 milhões. Além da atual parcela de 2,5 milhões de euros, o clube ainda tem a última parcela a ser quitada em abril, no valor de 1,1 milhão de euros.

Em 41 jogos pelo Flamengo, Michael tem quatro gols e quatro assistências.