França x Croácia

Modric recebeu o prêmio de melhor jogador da Copa do Mundo (Foto: AFP) 

Bernardo Cruz
15/07/2018
18:47
Enviado especial a Moscou (RUS)

Modric não pôde comemorar o título mundial neste domingo, no estádio  Luzhniki, em Moscou. A Croácia foi valente, mas não conseguiu superar a França e ficou com o vice-campeonato. Apesar do resultado negativo, o meio-campista declarou que o sentimento é de orgulho e que os jogadores saem de cabeça erguida da decisão. 

- Tenho uma sensação de orgulho. Acho que podemos ficar assim com o que fizemos. Nunca é fácil perder a final, mas demos tudo. Lutamos e não abaixamos a cabeça. Continuamos tentando mesmo com o 4 a 1. Saímos com a cabeça erguida. Acredito que merecíamos mais hoje, mas assim é o futebol. Só podemos ficar orgulhosos. 

Modric foi eleito o 'Bola de Ouro' da Copa do Mundo, mas pouco conseguiu comemorar. O capitão da Croácia afirmou que a "sensação ainda é ruim" após o vice-campeonato, mas agradeceu pelos votos que recebeu para o premio. Em 2014, foi Lionel Messi quem conquistou o prêmio. 

- Gostei do reconhecimento. Agradeço a quem me elegeu, mas claro que gostaria de ter ganhado. Não pudemos fazer. Vamos descansar bem e nos próximos dias também celebrar isso, que é muito grande para a Croácia. Agora a sensação ainda é ruim.

O meio-campista também preferiu não entrar na polêmica envolvendo o pênalti marcado para a França. Enquanto o técnico Zltko Dalic esbravejou contra o árbitro Nestor Pitana, mas o meio-campista preferiu falar da reação e da atuação da Croácia na partida. 

- Não vi o pênalti, mas me disseram que não foi intencional. O primeiro gol deles também não foi falta. Isso afeta um pouco todo mundo. Estávamos bem e dominávamos o jogo. Facilitou as coisas para eles. Mas não podemos mudar o que aconteceu.