David Nascimento
28/07/2019
18:05
Rio de Janeiro (RJ)

E o Campeonato Brasileiro tem novo líder! Na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, o Santos recebeu o Avaí e saiu de campo com a vitória por 3 a 1. O Peixe não encontrou qualquer dificuldade ao longo da partida para fazer o resultado necessário para assumir a liderança da competição, ultrapassando o Palmeiras ao fim desta rodada. Derlis González, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan fez os gols do time de Jorge Sampaoli. João Paulo descontou para o Avaí.

Com o resultado, o Santos chegou a 29 pontos, em primeiro lugar, dois a mais do Palmeiras, agora vice-líder. O Avaí, por sua vez, segue na outra ponta - na lanterna, com apenas cinco pontos conquistados. Pelo Campeonato Brasileiro, ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo - às 11h, os paulistas recebem o Goiás, enquanto às 19h os catarinenses duelam em casa contra o Botafogo.

CONFIRA A TABELA DA COMPETIÇÃO!

PRESSÃO COM GOL
Depois do tropeço do Palmeiras no sábado, o Santos entrou em campo mais motivado do que nunca. Pressionando a todo o momento o Avaí, já que uma simples vitória faria a equipe terminar a rodada na liderança do Brasileiro. Aos seis minutos do primeiro tempo, a chegada perigosa foi com Diego Pituca. Três mais tarde, o 1 a 0 para o Peixe: após cobrança de falta de Carlos Sánchez, Derlis González aproveitou sobra e mandou forte, sem chance de defesa para Lucas Frigeri.

CATARINENSES ACORDAM
Logo após abrir o marcador, o Santos quase ampliou com Eduardo Sasha e Betão quase fez contra... Diante destes sustos, o Avaí, enfim, acordou, passando a movimentar o meio de campo, chegando ao ataque. Na primeira tentativa, aos 23 minutos, Gustavo Ferrareis mandou forte, a bola desviou e foi para escanteio. Quatro depois, maior sorte, com o empate para os catarinenses: João Paulo aproveitou, sozinho, chegada rápida e colocou no canto direito, 1 a 1.

SEM TEMPO PARA COMEMORAR...
A disputa na Vila Belmiro estava de encher os olhos, bem jogada, um futebol bom de se assistir. Depois do empate, o Santos foi mais efetivo e nem deu tempo do Avaí comemorar o 1 a 1: aos 32 minutos, Soteldo fez excelente jogada, mandou para a grande área. O cruzamento foi muito preciso para Carlos Sánchez, sozinho, estufar as redes do goleiro Lucas Frigeri, 2 a 1 para o Peixe. Nos acréscimos Soteldo chegou com perigo de novo. Muitas emoções reservadas para o segundo tempo.

ADMINISTRAR... E COM GOLAÇO!
Na volta para o segundo tempo, o Santos passou a administrar o resultado, não levando muita pressão da equipe comandada por Alberto Valentim. Aos 23 e 24 minutos, os jogadores do time de Jorge Sampaoli quase fizeram o terceiro gol, em tentativas de Eduardo Sasha e Marinho, mas o goleiro do Avaí, em ambas, apareceu bem. E na sorte de líder, o Santos foi premiado com um golaço aos 32 para fechar a vitória, com Felipe Jonatan - deu lindo chapéu em Betão e encobriu Frigeri. Nos acréscimos Marinho quase fez mais um, mas a vitória do Peixe ficou no 3 a 1 mesmo. Merecida liderança em uma campanha sensacional do Santos na competição, até agora.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 1 AVAÍ


Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 28/7/2019, 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (PB) - Nota LANCE!: 7,0 (não influenciou no resultado, marcando bem os lances mais complicados)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Público/renda: 12.787 presentes/R$ 461.520,00
Cartões amarelos: Alison, Jorge Sampaoli, Uribe (SAN) e Léo (AVA)
Cartão vermelho: -

GOLS: Derlis González 9'/1ºT (1-0), João Paulo 27'/1ºT (1-1), Carlos Sánchez 32'/1ºT (2-1) e Felipe Jonatan 32'/2ºT (3-1)

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Alison (Felipe Jonatan intervalo); Eduardo Sasha, Derlis González (Jean Mota 39'/2ºT) e Soteldo (Marinho 18'/2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli.

AVAÍ: Lucas Frigeri, Léo, Betão, Marquinhos Silva e Igor Fernandes (Julinho intervalo); Pedro Castro e Richard Franco; Lourenço, João Paulo e Gustavo Ferrareis (Caio Paulista 11'/2ºT); Bruno Sávio (Gegê 22'/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.