Londrina x Criciúma

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Futebol Latino
16/08/2019
21:08
Londrina (PR)

Na cidade de Londrina, mais precisamente no estádio do Café, Londrina e Criciúma empataram por 1 a 1 jogando pela 16ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série B nessa sexta-feira (16).

O resultado não deixou nenhum dos lados contente pensando na tabela de classificação já que, enquanto o Tubarão segue em quinto lugar com 25 pontos, fora do G4, o time carvoeiro é o 15° com 17 unidade e, com três pontos a frente do Vitória, pode acabar entrando na zona de rebaixamento dependendo da combinação de resultados.

COMEÇOU COM ESTILO!

Dando sinais de que as infiltrações pelos lados com bola alçada na área eram os momentos de maior perigo do Tubarão, aos seis minutos de jogo uma cobrança de escanteio feita por Higor Leite passou no meio das pernas de Germano e, depois de um leve desvio em Léo Gamalho, a bola entra no canto oposto de Luiz.

SEM PRESSÃO, MAS SEM INCÔMODO

O time da casa tinha clara dificuldade em conseguir dar sequência as jogadas principalmente no sentido de trocar passes sem cometer erros forçados e não-forçados. Por outro lado, esse mesmo problema se abatia sobre a equipe catarinense, deixando a partida bastante concentrada em perdas constantes de posse e o jogo mais físico do que técnico.

NA TRAAAAAAAVE!

O Criciúma apresentou melhora notável depois dos 20 minutos e passou a ser mais frequente no ataque principalmente quando a bola passava pelos pés de Wesley, pelo lado esquerdo, e também quando o experiente Maicon conseguia subir e apoiar com sua reconhecida qualidade em momentos que traziam problemas a meta defendida por Matheus Albino. Apesar disso, os anfitriões chegaram bem quando Dagoberto fez bonita jogada individual e, ao tocar para Higor Leite, viu o lateral-esquerdo cortar para a perna direita e soltar a bomba que carimbou a junção do travessão com a trave esquerda de Luiz. 

TUDO IGUAL

Depois de tanto rondar a área paranaense e tentar de todas as formas levar mais problemas a meta adversária, foi no improviso do jovem Julimar que a igualdade do Tigre apareceu aos 41 minutos. Depois de passe na beira da grande área, o atacante limpou a marcação e bateu com absoluta categoria no ângulo de Matheus Albino. Lindo gol do Criciúma.

RETORNO EMPOLGANTE

Antes mesmo dos seis minutos da etapa complementar, tanto o Tubarão como o Tigre já tinham formulado oportunidades em bonitos lances individuais que passaram perto de balançar as redes.

Do lado londrinense, Safira saiu em disparada para o ataque desde a linha de meio-campo, passou por quatro marcadores e só não marcou porque, no chute cruzado, a zaga adversária fez o corte pontual de Thalles. Por parte dos visitantes, Daniel Costa recebeu passe à beira da grande área e também acabou travado em cima da hora por Silvio.

AUMENTOU O VOLUME

Se o Criciúma foi quem mais atacou na parte final da primeira etapa, o volume de jogo do Londrina no tempo complementar não foi tão intenso, mas conseguia ser superior ao Tigre.

Foi desse jeito que, além de duas chegadas perigosas em tentativas de finalização por parte de Safira, Nathan Cachorrão teve ótima chance cara a cara e, sem conseguir bater com a força que queria, viu a bola que ia mansa para as redes ser cortada quase que em cima da linha pelo lateral-esquerdo Marlon.