Bahia x América-MG

Foto: Felipe Oliveira/E.C. Bahia

Futebol Latino
11/08/2018
20:59
Salvador (BA)

Depois do empate em 1 a 1 com o Fluminense, fora de casa, na última rodada do Campeonato Brasileiro, a expectativa do Bahia era aproveitar a força da torcida. E o tricolor baiano fez o dever de casa.

Neste sábado (11), o Bahia conquistou um importante triunfo. Recebendo o América-MG na Fonte Nova, o time baiano venceu por 1 a 0 e conseguiu se afastar da zona de rebaixamento. Com um gol marcado pelo atacante Gilberto aos 9 minutos do segundo tempo, os donos da casa asseguraram três pontos importantes na luta contra a degola.

O América-MG, por sua vez, interrompeu uma sequência de bons resultados. Com a derrota, o time se mantém no meio da tabela e passa a olhar mais de perto a zona de rebaixamento.

O jogo

Bahia começou a partida dominando às ações. Bem posicionado em campo, o donos da casa pressionaram a saída de bola do América-MG ainda no meio de campo. Logo no primeiro minuto veio a primeira jogada perigosa. No lance, o Bahia tentou a primeira chegada pela direita, com Vinícius. Ele rolou no meio, Gilberto chutou prensado e viu o zagueiro do Coelho afastar o perigo.

Bem no jogo, o time baiano trocava passes no campo de ataque. A bola ia de um lado para o outro, porém, o América-MG cercava bem as jogadas e conseguia fechar os espaços.

O América-MG abria mão do ataque e valorizava a posse de bola. O Bahia, por sua vez, continuava pressionando a marcação para dificultar a saída adversária.

Com dificuldade de encontrar espaços com a bola rolando, os donos da casa tentavam chegar ao gol através das bolas altas. Aos 22 minutos, quase o primeiro gol. Na jogada, Edigar Junior aproveitou desvio de Gilberto no meio da área e ficou livre na segunda trave. Ele saltou e tentou um chute, mas a bola saiu por cima do gol de João Ricardo.

Só dava Bahia! Aos 26 minutos veio outro lance perigoso. Na jogada, Vinícius cruzou da direita e achou Gilberto livre. De primeira, o atacante pegou bem na bola, e mandou muito perto do gol de João Ricardo.

A primeira chegada ao ataque da equipe mineira veio somente aos 35 minutos, quando Gerson Magrão cruzou para Carlinhos na segunda trave e viu o lateral do Coelho não alcançar a bola.

Antes do intervalo, o Bahia tentou chegar ao gol mais uma vez através de um cruzamento de Vinícius, que mandou uma bola fechada na área para João Ricardo sair de soco e aliviar o perigo.

Segundo tempo

Já no segundo tempo o Bahia voltou a campo com o mesmo ímpeto da etapa inicial. Graças a isso, chegou ao gol logo aos 9 minutos do segundo tempo. Na jogada, Tiago levou a melhor sobre a defesa do América-MG no alto e testou para o gol. João Ricardo espalmou, mas Gilberto apareceu e aproveitou o rebote para colocar o Bahia na frente.

Aos 11 quase veio o segundo gol. No lance, Zé Rafael passou pela marcação de um defensor, deu um belo drible da vaca em Carlinhos e bateu para o gol, mas João Ricardo espalmou e fez uma bela defesa.

Diante da necessidade de buscar o empate, o América-MG se soltou mais na etapa complementar e criou sua primeira chance clara de gol no jogo. Aos 16, o goleiro do Bahia trabalhou pela primeira. No lance, Ruy chutou de longe e mandou um efeito na bola. Bem posicionado, Anderson conseguiu espalmar e impediu o gol de empate do coelho.

Após o gol, o Bahia abriu mão da posse de bola e passou a jogar mais no campo defensivo. Enquanto o América-MG tentava aumentar a pressão na defesa dos donos da casa adiantando bastante a marcação.

A partir daí, o jogo ficou truncado e terminou com a vitória do tricolor baiano. Com o triunfo, o Bahia mantém uma invencibilidade de sete jogos e sobe cinco posições na tabela do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 AMÉRICA-MG

Local:
 Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data-Hora: 11/8/2018 - 19 h
Árbitro: Péricles Bassols (CBF-PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos CBF-PE)
Público/renda: 19.100 pagantes / R$ 375.746,00 
Cartões amarelos: Tiago (BAH); Wesley, Renan Oliveira, Leandro Donizete, Messias (AMG)
Cartões vermelhos: -
Gols: Gilberto (9'/2°T) (1-0)

BAHIA: Anderson; Bruno (Nino Paraíba, aos 17'/2°T), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Flávio, Élton, Zé Rafael (Régis, aos 37'/2°T), Vinicius e Edigar Junio; Gilberto (Élber, aos 25'/2°T). Técnico: Enderson Moreira.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Messias, Paulão (Renan Oliveira, aos 18'/2°T) e Matheus Ferraz; Juninho, Leandro Donizete, Wesley (Judivan, no intervalo), Giovanni, Gérson Magrão (Matheusinho, aos 37'/2°T) e Carlinhos; Ruy. Técnico: Adilson Batista.