Renan Lodi

Reprodução/Twitter

LANCE!
08/07/2019
16:15
Futebol Latino

Peça importante do Athletico-PR na conquista da Copa Sul-Americana da última temporada, o lateral-esquerdo Renan Lodi foi vendido ao Atlético de Madrid, da Espanha e assinou o contrato até julho de 2025.

Incorporado ao elenco Colchonero, o ex-Furacão não se esqueceu do clube que o projetou para o futebol mundial e através de uma carta, se despediu de companheiros, dirigentes e torcedores.

No texto, o jogador revelou que tinha o sonho de jogar na Europa e fez questão de relembrar sua chegada ao clube paranaense, fato que aconteceu quando tinha apenas 14 anos de idade.

Por fim, Renan Lodi garante que, mesmo da capital espanhola, ele faz questão de acompanhar os passos do Athletico-PR e fica na torcida para que o clube continue em ascensão no futebol brasileiro.

Confira a carta na íntegra

Chegou a hora de dizer até logo.

Eu sabia que esse momento iria chegar algum dia. Mas, sabia também, que não seria nada fácil. É um sentimento confuso, impossível de descrever.

A ida para um grande clube da Europa é o sonho de todo menino que começa a jogar bola. Mas ao mesmo tempo, é uma despedida doída, deixando o Clube que eu amo. Talvez a maneira mais fácil de se entender seja voltando no tempo, no momento em que eu saí de casa. E é exatamente isso que está acontecendo, porque aqui é e sempre será a minha casa também.

Cheguei ao Athletico com apenas 14 anos. Muitas dúvidas na cabeça, um monte de espinhas na cara, mas a certeza de que estava entrando no lugar certo, com as pessoas certas.

Viver dentro de um alojamento por anos, longe da família e dos amigos, pode parecer tarefa difícil, mas não quando se tem ao lado verdadeiros irmãos e funcionários que te trataram como filho, nas horas boas e ruins. E a atenção de todos, desde as “tias” da cozinha e da limpeza, foram fundamentais nos momentos difíceis. Aqui no Clube não aprendi apenas a jogar bola. O Athletico me formou como cidadão, como homem. E é esse homem que hoje precisa dizer até logo, com lágrimas no rosto e um aperto no coração, mas com alegria.

Alegria da certeza de que eu pude retribuir um pouco do que o Clube fez por mim nestes anos todos. A cada novo dia acordava com esse objetivo, de honrar toda a confiança que recebi aqui. Precisava demonstrar essa minha gratidão com atitudes, com profissionalismo e, acima de tudo, com raça por essa camisa gigante.

Contei com a ajuda de muita gente e seria injustiça citar apenas alguns. Por isso a gratidão é para todos. Cada um sabe da parcela importante que teve para que esse momento de hoje fosse uma realidade.

Foram 72 jogos vividos intensamente e aqui aproveito para agradecer também todo o carinho que recebi do torcedor athleticano. Nos jogos, na rua, nas redes sociais. Isso tudo não tem preço, fizeram com que eu tivesse cada dia mais forças e vou levar comigo no coração. Nestas últimas semanas, o apoio foi ainda maior. Infelizmente não pude fazer os últimos jogos pelos motivos que todos sabem. Mas a minha gratidão é enorme.

O Athletico Paranaense terá um torcedor apaixonado em Madrid, que nunca vai esquecer dos momentos vividos aqui e que será eternamente grato a tudo e a todos.

Obrigado. E, mais uma vez, até logo!
Renan Lodi

placeholder