Atletico MG x America

O empate com o Coelho deixou sequelas no alvinegro que tenta ainda uma reação no Brasileiro- Bruno Cantini / Atlético-MG

Valinor Conteúdo
15/10/2018
16:44
Belo Horizonte

O técnico do Atlético-MG, Thiago Larghi, fala com frequência sobre a remontagem do elenco alvinegro, que sofreu diversas alterações ao longo do ano, dificultando que a equipe engrenasse no Brasileiro, brigando pelas primeiras posições.

Chegaram seis jogadores para reforçar a equipe no período pós-copa. Chará, Leandrinho, Nathan, David Terans, Edinho e Denílson. Todos para o setor ofensivo. Mas, até agora, somente Chará deu algum retorno para o clube. Os demais ainda não entregaram muita coisa. Leandrinho e Nathan vieram da Europa e alegam falta de adaptação por terem chegado no fim da temporada do Velho Continente.

Apesar dos pesares, Thiago Larghi não poupou críticas aos reforços e fez cobranças públicas ao elenco alvinegro depois do empate com o Coelho, no último domingo.

- O grupo que estava aqui segue desempenhando um bom futebol, mas a gente precisa de acrescentar algo mais desses que chegaram. Esses que chegaram também precisam resolver jogos, mudar jogos, fazer a coisa diferente. A gente espera, disse, aumentando o tom de cobrança em seguida.

- A maioria são jogadores jovens que chegaram, tem o tempo de desenvolvimento, de adaptação. O padrão de jogo acontece, mas a gente precisa definir mais os jogos, ser mais ofensivos, mais agressivos, e a gente espera uma produtividade maior desses que chegaram… A gente espera que os jovens rendam mais daqui para frente, explicou.