Atletico MG x America

Cazares foi peça nula no duelo com o Coelho, atrapalhando o desempenho ofensivo do Galo- Bruno Cantini / Atlético

Valinor Conteúdo
14/10/2018
21:27
Belo Horizonte

O torcedor atleticano saiu do Independência contrariado pelo empate com o América-MG. A igualdade por 0 a 0 afastou a equipe ainda mais do G4 e até o sexto lugar está ameaçado, já que o Santos chegou aos 42 pontos, apenas quatro a menos do que o Galo.

Mais um mau resultado em campo acabou sobrando para o técnico Thiago Larghi, que foi xingado de “burro” e acabou sendo o grande culpado pelo torcedor do alvinegro.

O volante Elias, que foi substituído, saiu em defesa do comandante e diz que o trabalho feio até agora é bom, elogiou o américa, mas também acha que faltou sorte na hora de concluir as jogadas que poderiam gerar o gol do Galo.

-Eles impuseram uma dificuldade ao nosso time ao tirar o homem de referência, deixando o ataque deles mais leve. Mas, não faltou empenho. Faltou um pouco de sorte também. Paramos no goleiro do América-MG, disse Elias, que em seguida defendeu Larghi.

-O treinador foi o que remontou a equipe com as mudanças do ano e os jogadores entenderam o trabalho. Infelizmente não veio o resultado, mas estamos trabalhando. A torcida tem direito de vaiar, mas não é por falta de dedicação que os resultados não tem vindo, concluiu.

A missão pelo G4 se torna cada vez mais complexa. O Galo está a seis pontos do quarto colocado, o São Paulo.