América-MG x Grêmio

O Coelho vem um empate com o Grêmio que ainda está sendo digerido pelo elenco-  Mourão Panda / América

VAlinor Conteúdo
23/10/2018
18:46
Belo Horizonte

O América-MG busca forças, trabalha com intensidade para não sucumbir ao “inferno” da queda para a segunda divisão. E o duelo deste sábado, 27 de outubro, às 19h, na Arena Condá, contra a Chapecoense, ganhou contornos de decisão.

A Chape está na 18ª posição com 31 pontos e perdeu para o Cruzeiro por 3 a 0, na última rodada. Já o Coelho tem 34 pontos e aparece em 15º. Portanto, o duelo será um velho chavão do futebol, de que será um jogo de seis pontos, mas muito verdadeiro neste momento das duas equipes na competição.


- Vamos enfrentar uma grande equipe, que é sempre muito forte em sua casa, diante da sua torcida. Não podemos vacilar durante os noventa minutos. É importante fazer um jogo seguro, sem erros, para sairmos de lá com um grande resultado como visitante novamente. É uma decisão para os dois lados e temos que estar preparados, disse o lateral-direito Aderlan.

O América-MG terá um obstáculo extra no confronto. O Coelho nunca venceu a Chape na história. Foram cinco jogos, com dois empates e três derrotas pelos Brasileiros das Séries A e B.

- Agora é um confronto diante de um adversário que também está em uma situação difícil. Precisamos ir lá em Chapecó e vencer o jogo, disse o técnico Adilson Batista.