O América -MG vai terminar a sétima rodada entre os quatro melhores da Série B

O América -MG vai terminar a sétima rodada entre os quatro melhores da Série B-(Mourão Panda/América-MG)

Valinor Conteúdo
02/09/2020
18:30
Belo Horizonte

Em boa apresentação, o América-MG venceu o CSA por 2 a 1, gols de Luciano Castán, contra, Messias, com Rodrigo Pimpão marcando para o time alagoano nesta quarta-feira, 2 de setembro, no Independência, pela sétima rodada da Série B do Brasileiro.

Com o resultado, o Coelho voltou ao G4 da competição. O time mineiro chegou aos 14 pontos, na terceira posição do campeonato. E, mesmo se o CRB vencer o Sampaio Corrêa, em casa, não tira a equipe mineira do grupo de times que se classificam para a Série A de 2021.

Para o CSA, a derrota significou a queda para a 17ª posição, com três pontos, em cinco partidas, sendo a primeira equipe na zona do rebaixamento do Brasileirão da segunda divisão.

Próximos jogos

O Coelho volta a campo no sábado, 5 de setembro, às 19h, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís. Já o CSA, também joga no dia 5, mas contra o Confiança-SE, no Estádio Rei Pelé, às 16h30. Os dois jogos são pela oitava rodada da Série B.


FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 2 X 1 CSA
Data-Horário: 2 de setembro, às 16h30
Estádio-Local: Independência, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Cardoso de Souza e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Eduardo Bauermann(AME), Daniel Borges(AME), Alecsandro(CSA)
Cartões vermelhos:

Gols: Luciano Castán(contra), aos 32’-1ºT(1-0), Rodrigo Pimpão, aos 4’-2ºT(1-1), Messias, aos 14’-2ºT(2-1)

América-MG: Matheus Cavichioli, Daniel Borges(Diego Ferreira, aos 30’-2ºT), Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho(Rickson, aos 43’-2ºT) e Alê. Matheusinho(Neto Berola, aos 29’-2ºT), Marcelo Toscano(Léo Passos, aos 15’-2ºT) e Rodolfo(Guilherme, aos 43’-2ºT) Técnico: Lisca

CSA: Bruno Grassi; Norberto, Alan Costa, Castán e Igor(Rafinha, aos 36’-1ºT); Richard Franco(Márcio Araújo-intervalo), Geovane e Nadson(Pedro Júnior-intervalo); Rafael Bilu(Alano, aos 16’-2ºT), Rodrigo Pimpão(Alecsandro, aos 33’-2ºT) e Michel Douglas. Técnico: Argel Fucks