LANCE!
03/10/2017
14:00
Rio de Janeiro (RJ)

Candidato à presidência do Vasco pela chapa "Frente Vasco Livre", Alexandre Campello divulgou comunicado sobre a união de Fernando Horta (Mudança com Segurança) com Otto Carvalho (Ao Vasco Tudo, que retirou a candidatura para apoio a Horta). Ele também repudiou, destacando que não são a verdadeira oposição a Eurico Miranda (atual presidente cruz-maltino e candidato da situação pela chapa Reconstruindo o Vasco). A eleição, que ocorrerá no dia 7 de novembro, também tem Júlio Brant (Sempre Vasco) como candidato.

> Confira a seguir a nota oficial de Campello:

"AOS POUCOS, AS MÁSCARAS CAEM

Unir os grupos de oposição em torno de uma única candidatura é, desde o início, um objetivo que a Frente Vasco Livre perseguiu. Unir por unir, no entanto, nunca nos interessou. Porque temos lado. E ter lado é ter convicção sobre quem é o verdadeiro adversário a ser combatido.

A união do Otto de Carvalho e Fernando Horta não surpreende em nada – e sepulta qualquer dúvida para quem teimava em enxergá-los como opositores contrários à atual gestão e às práticas nefastas que a caracterizam.

Sócios e torcedores vascaínos devem estar atentos para perceber quem, de fato, pretende trazer ares de “renovação” ao Vasco, que não deve e não pode, sob consequências desastrosas, retroceder.

Por isso, a Frente Vasco Livre se mantém firme e forte em seu propósito de ser oposição, sobretudo na prática. A vitória só nos interessa se ela significar a chance de não repetir a história recente do Vasco"