Sport x América-PE (Foto: Williams Aguiar / Sport)

Mudanças no elenco e treinos fechados causam mal-estar no Sport neste ano (Foto: Williams Aguiar / Sport)

RADAR / LANCE!
04/02/2016
17:13
Recife (PE)

WALLACE SANTOS - Rádio Folha AM
O início de ano do Sport dá indícios de que será muito preocupante. Muitos dos jogadores que foram contratados não estão correspondendo, casos de Túlio de Melo e Serginho, e são alvos constantes de vaias, como foi visto na derrota por 1 a 0 para o América-PE.

O rendimento inferior dos reforços ainda é comprometido pela grande saída de jogadores. Além de Diego Souza ter saído, o clube liberou nomes como Hernane e Wendel, dando lugar a jogadores abaixo da média e perdendo a competitividade do time.

Por mais que Falcão venha promovendo treinos fechados, o que causou mal-estar com a torcida, as duas partidas pelo Hexagonal Final foram terríveis. Não há qualquer sinal de melhora da equipe.

A quebra de um tabu de 43 anos, em plena Ilha do Retiro, ainda trouxe como consequência um atrito de Paulo Roberto Falcão com a imprensa. Mesmo com a equipe atuando mal, o técnico disse que o Sport atuou bem, e quem discordasse "não tinha enxergado bem o jogo".

Falcão chegou a dizer para jornalistas que "só conversava com pessoas do ramo" do futebol. Isto complica ainda mais o ambiente para o técnico no Campeonato Pernambucano.