Sport x América-PE (Foto: Williams Aguiar / Sport)

América-PE perdera 70 vezes em 76 partidas disputadas anteriormente (Foto: Williams Aguiar / Sport)

RADAR / LANCE!
04/02/2016
12:23
Recife (PE)

A caminhada do América-PE no Hexagonal Final do Campeonato Pernambucano foi em grande estilo. Sob a regência de Carlinhos Bala, a equipe calou a Ilha do Retiro na noite de quarta-feira e, com uma vitória por 1 a 0, gol de Danyel, pôs fim a um longínquo jejum de 43 anos.

Desde 1º de março de 1973, quando vencera por 2 a 1, o Mequinha amargou 70 derrotas e seis empates em confrontos diretos. A equipe agora divide provisoriamente a liderança com Náutico e Salgueiro. 

A espera de 43 anos ainda veio com requintes de crueldade. Com a vitória, o América-PE empurrou o Sport ainda mais para a lanterna do Campeonato Pernambucano - com duas derrotas em duas partidas, início tão fraco quanto em 2004.

Além disto, o Leão voltou a perder como mandante depois de 30 jogos. A partida anterior fora para o Goiás, em outubro de 2014. Único representante de Recife que disputou o Primeiro Turno do Pernambucano, o América-PE classificou-se como líder do Grupo B para juntar-se aos quatro grandes do estado no Hexagonal.