Carlinhos Bala - América-PE

Carlinhos Bala mostra confiança no Hexagonal Final (Foto: Divulgação)

Vinícius Faustini
04/02/2016
13:45
Recife (PE)

A surpreendente vitória do América-PE sobre o Sport, por 1 a 0, pelo Hexagonal Final, trouxe um misto de sensações para um jogador. Outrora ídolo do Leão, Carlinhos Bala entrou no segundo tempo, na noite de quarta-feira, ovacionado por torcedores do time da casa, mesmo depois ajudando o Mequinha a quebrar uma longínqua escrita de 43 anos:

-  Não imaginava que ia ter este agradecimento. A gente fica muito feliz de ter este carinho de uma torcida de outro clube, e eles me aplaudirem de pé. Foi muito emocionante - afirmou, ao LANCE! nesta quinta-feira.

O jogador de 36 anos exaltou o fim da escrita, mas disse que o América-PE deve redobrar suas atenções no Campeonato Pernambucano:

-  A gente nem sabia disso (dos 43 anos sem vitórias do América-PE sobre o Sport). É bom fazer parte de uma quebra de tabu. A vitória foi importante, ainda mais porque é contra o Sport, uma equipe difícil, mas ela já faz parte do passado.  

Bala mostrou otimismo em relação à luta da equipe no Hexagonal Final. O América-PE estreou nesta quarta-feira:

- Nosso trabalho está sendo bem feito. O América-PE entrou nessa competição lutando por uma vaga na Série D, mas vamos tentar fazer um campeonato maravilhoso, com muita luta.

Com o triunfo por 1 a 0, o América-PE pôs fim a um jejum de 76 jogos - com 70 vitórias e seis empates - que durava desde 1973.