Brasil vence o Peru e assume terceiro lugar nas Eliminatórias (foto:Ale Vianna/Eleven)

Willian foi o jogador brasileiro melhor avaliado nos quatro primeiro jogos  (foto:Ale Vianna/Eleven)

RADAR/LANCE!
18/11/2015
08:00
Rio de Janeiro (RJ)



Dunga utilizou quatro formações diferentes nos quatro jogos da Eliminatórias. E 21 jogadores tiveram oportunidade com a camisa amarelinha. Entre aqueles que estiveram em campo em pelo menos duas partidas, os três que conseguiram as melhores médias de notas do LANCE! foram William, Douglas Costa e o goleiro Alisson.

William - 7,0 em 4 jogos
Douglas Costa - 6,62 em 4 jogos
Alisson - 6,33 em 3 jogos


William fechou as quatro rodadas de 2015 como o mais regular, com 7,0. Ele ganhou as melhores notas do Brasil  na derrota para o Chile (6,5) e na vitória sobre a Venezuela (8,0) sendo que nesta partida obteve a melhor pontuação individual até agora. Nos outros dois jogos, William obteve a segunda melhor nota (6,5 contra a Argentina; 7,0 contra o Peru).

Douglas Costa entra com a segunda melhor média. E poderia estar ainda melhor. Afinal, a atuação apagada diante do Chile (5,5) jogou contra. Desde então, ele só cresce. Na vitória sobre a Venezuela ganhou 6,5; nas duas últimas partidas saiu de campo como o melhor do Brasil: 7,0 contra a Argentina e 7,5 contra o Peru.

Alisson foi quem mais lucrou nas duas últimas rodadas. Quando o treinador Dunga disse na coletiva diz que entrará em 2016 com mais certezas do que dúvidas, provavelmente ele inclui o goleiro do Internacional na lista das certezas.  Afinal, Alisson, depois de um modesto 5,5 contra os venezuelanos  (quando sentiu a pressão da estreia)  obteve 6,5 contra a Argentina e, com as boas defesas contra o Peru, ganhou 7,0 do L! e fechou 2015 no Top3, superando a turma que está empatada com 6,25: Miranda e Elias, presentes nos quatro jogos, e Renato Augusto (2 jogos).

Quem caiu muito após a soma das notas da terceira e quarta rodadas foi o volante Luiz Gustavo. Um dos dois brasileiros que estavam na Seleção das Eliminatórias após as duas primeiras rodadas (ele 6,75 e William com 7,25), Alisson levou 4,5 contra a Argentina e 5,5 contra o Peru e despencou para 5,87. Esta, aliás, é a média de notas LANCE! de Dunga.
Entre os jogadores que atuaram em uma partida (ou entraram em mais jogos, mas no fim, e não tiveram notas, como é o caso de Lucas Lima em duas rodadas), destaque para o zagueiro Corintiano Gil, dono de 7,0 contra o Peru.

Veja abaixo as notas dos jogadores da Seleção



Goleiros
Alisson (3 jogos) - 6,33
Jefferson (1 jogo) - 5,5

Laterais 
Daniel Alves (4 jogos)- 5,87
Marcelo (1 jogo)- 6,0
Filipe Luiz (3 jogos) - 6,16

Zagueiros
Miranda (4 jogos) - 6,25
David Luiz (2 jogos) - 4,25
Marquinhos - 6,0
Gil  (1 jogo) - 7,0 (entrou em um segundo jogo no fim, sem nota)

Volantes
Luiz Gustavo (4 jogos)- 5,87
Elias (4 jogos) - 6,25
Fernandinho (1 jogo) - 6,0

Meias
Oscar (2 jogos) 4,5 (entrou em um terceiro jogo no fim, sem nota)
Kaká (1 jogo) 6,0
L.Lima (1 jogo) 6,5* -  (entrou em outros dois jogos no fim, sem nota)
Renato Augusto (2 jogos) - 6,25
William (4 jogos) - 7,0

Atacantes
Douglas Costa (4 jogos) - 6,62
Hulk (2 jogos) - 6,0
Ricardo Oliveira (3 jogos) - 5,66
Neymar (2 jogos) - 5,75

Média de notas de Dunga após 4 rodadas:
Dunga - 5,87