Neymar ficou no banco após o treino desta quarta-feira (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Neymar ficou no banco após o treino desta quarta-feira (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Bernardo Cruz e Igor Siqueira
23/03/2016
17:17
Teresópolis (RJ)

Foi uma tarde de sustos para a Seleção Brasileira.  O fim do treino desta quarta-feira, na Granja Comary, foi com apreensão após Neymar sair mancando após uma dividida com Marquinhos. Mas a situação tranquilizou-se porque o jogador, após ficar minutos no banco e ter batido um papo com Dunga, saiu andando sem apresentar sinais de dores mais graves.

O craque da Seleção Brasileira já tinha gerado preocupação do departamento médico da Seleção ao reclamar de dores musculares. O médico Rodrigo Lasmar chegou a levar o jogador para fazer exames no hospital, mas nenhuma lesão foi constatada.

Antes de levar a pancada de Marquinhos, já na reta final do treino, Neymar se movimentou bem, atuando como referência no ataque. Em duas belas jogadas, o camisa 10 marcou dois gols. Quando o capitão da Seleção ficou caído, começou a mancar e colocar a mão no pé direito, Dunga encerrou o treino.

Dunga chegou a testar Ricardo Oliveira como centroavante, sacando Renato Augusto do time titular. Mas o que Dunga não mudou foi a opção testada na terça-feira, com Fernandinho e Luiz Gustavo na dupla de volantes.

Foi o último treino da Seleção em Teresópolis nesta semana. A delegação embarca na manhã de quinta-feira para Recife, onde enfrenta o Uruguai, sexta-feira. Ainda nesta quinta, o time faz um treino de 1h na Arena Pernambuco. Apenas os 15 minutos finais serão abertos à imprensa.