Jonas está de volta à Seleção Brasileira (Foto: Locas Figueiredo/Mowa Press)

Jonas está de volta à Seleção Brasileira (Foto: Locas Figueiredo/Mowa Press)

Bernardo Cruz e Igor Siqueira
23/03/2016
13:48
Teresópolis (RJ)

Longe da Seleção desde 2012 e atual artilheiro máximo da Europa, Jonas não ouviu da boca de Dunga a notícia de que estava na lista de convocados para os jogos contra Uruguai e Paraguai. Chamado às pressas após a lesão de Roberto Firmino, ele só recebeu a notícia em uma situação inusitada, graças à sogra.

- Eu tinha acabado de chegar em casa depois do treinamento, vi um telefone 021 que não conhecia. Não atendi. Pedi para minha sogra atender. Aí que eu vi que era o Gilmar, fiquei muito feliz. Ele disse que eu estava sendo chamado, foi uma felicidade imensa – contou o jogador, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis, ressaltando a euforia de ser convocado novamente:

- A expectativa sempre existe quando você está fazendo um bom trabalho no clube. Hoje, as coisas estão muito boas para mim e o Benfica. Isso ajuda, dá mais credibilidade para o jogador. Mas não me frustrou porque sei que o Brasil está recheado de jogadores de qualidade. Foi por lesão, infelizmente, mas as oportunidades aparecem assim.

Na Seleção Brasileira, Jonas encontra um time sem a presença de um centroavante de ofício, preso na área. Ele mesmo diz que isso não é problema por não se considerar um “9 puro”, que fica preso na área.

- Porque não tenho jogado no Benfica assim. As equipes jogam com muita movimentação e eu me encaixo nesse perfil. Com liberdade do meio para frente, fazendo a recomposição quando necessário. Venho fazendo isso no benfica. Segundo atacante ou terceiro homem de meio-campo – ressaltou o atacante, que ainda falou sobre a tendência do futebol mundial de abandonar o uso de atacante fixo na área:

- No futebol moderno de hoje, a utilização de centroavante não usa muito, até pelo futebol intenso que é hoje. A maioria dos times não tem usado. Outros, sim. Mas vai de acordo com o treinador, o adversário, algumas equipes optam por usar um centroavante de área quando jogam contra defesas mais postadas. Eu também não sou um 9 puro, hoje a movimentação tem que ser intensa.

Jonas e os outros 22 jogadores da Seleção voltam a treinar nesta quarta-feira à tarde. Na atividade de terça, ele esteve entre os reservas.