Treino do sub-20 - São Paulo

Murilo, ao fundo, e Jeferson, à direita e de vermelho, treinaram com o sub-20 (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Bruno Grossi
17/11/2015
15:56
São Paulo (SP)

Enquanto ainda aguardam uma chance para poder estrear no time profissional do São Paulo, o volante Jeferson e o atacante Murilo terão uma missão diferente nesta semana. Os jovens de 18 anos foram chamados pela comissão técnica do time sub-20 do Tricolor para integrar a delegação que inicia as finais da Copa do Brasil da categoria na quinta-feira, contra o Atlético-PR.

A partida está marcada para as 16h na Arena da Baixada, em Curitiba, e o grupo já embarcará para a capital paranaense nesta quarta-feira. A dupla, promovida ao time principal pelo ex-técnico Juan Carlos Osorio, já treinou com os antigos colegas nesta terça no CT da Barra Funda, mas deve ser apenas opção no banco de reservas na primeira final.

A tendência é que o técnico André Jardine repita a escalação que bateu o Joinville por 3 a 2 na última semana, na segunda semifinal, com: Lucas Perri; Foguete, Tormena, Kal e Inácio; Banguelê, Artur, Matheus Queiroz e Lucas Fernandes; David Neres e Joanderson. Durante a partida ainda foram utilizados Paulo Henrique, Léo Prado e Vinicius.

O caminho até a decisão contra o Atlético-PR começou contra o América-MG, na primeira fase: 0 a 0 em Sete Lagoas e 3 a 0 no Morumbi. Na segunda fase, a vítima foi o Botafogo, com um empate em 3 a 3 no Rio de Janeiro e goleada por 4 a 2, novamente no Morumbi. Contra o Goiás, nas quartas de final, a vitória por 2 a 0 em Cotia, no CFA Laudo Natel, deu tranquilidade para o time empatar em 1 a 1 em Goiânia e chegar à semifinal contra o Joinville - 1 a 0 em Santa Catarina e 3 a 2, mais uma vez em Cotia.

Antes de Murilo e Jeferson, o goleiro Lucas Perri já havia trocado a rotina de treinos com o profissional para reforçar o time sub-20 na disputa da Copa do Brasil. Nesse caso, o arqueiro foi substituído no time principal por Lucas Paes. Na temporada passada, o atacante Ewandro, hoje emprestado ao Atlético-PR, fez o mesmo a pedido do então técnico Muricy Ramalho.