Paulo Autuori (Foto: Antonio Carneiro)i

Paulo Autuori deixou o Cerezo Osaka em quarto lugar na Segunda Divisão japonesa (Foto: Antonio Carneiro)

LANCE!
17/11/2015
10:23
São Paulo (SP)

Um dos técnicos mais cotados para assumir o São Paulo na próxima temporada, Paulo Autuori ficou livre no mercado nesta terça-feira. O treinador de 59 anos pediu demissão do Cerezo Osaka (JAP), que anunciou o fim do contrato com o comandante em seu site oficial, e conta com forte apelo dos jogadores e da comissão técnica do Tricolor para voltar ao Morumbi.

Autuori foi contratado pelo Cerezo para tentar resgatar o clube da Segunda Divisão japonesa, ainda em janeiro deste ano. Foram 41 partidas disputadas no torneio, cuja fase de pontos corridos tem apenas mais uma rodada. A equipe da cidade de Osaka está na quarta colocação e garantida nos playoffs que darão duas vagas na elite do futebol nacional.

Em comunicado oficial, a diretoria do Cerezo agradeceu Autuori pelo trabalho nesta temporada e anunciou o preparador físico Gilvan Araújo dos Santos como interino para o restante do ano. No São Paulo, apesar do coro puxado pelos atletas, como Rogério, Rodrigo Caio e Paulo Henrique Ganso, o discurso é de que a saída de Autuori do Japão não implica em volta ao Tricolor.

Nos últimos dias, o radar da diretoria ainda tinha Cuca e Diego Aguirre. O primeiro tem mais um ano de contrato com o Shandong Luneng (CHN) e uma multa milionária para rompê-lo neste fim de ano. Já o treinador uruguaio, que comandou o Internacional no início da temporada, foi oferecido pelo empresário Juan Figer e também está sendo analisado.

Tecnico - Cuca - Shandong Lunen (foto:AFP)
Cuca ainda tem mais um ano de contrato na China (Foto:AFP)


Autuori acumula duas passagens pelo clube do Morumbi. Na primeira, entre maio e dezembro de 2005, conquistou a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes. Na segunda, entre julho e setembro de 2013, disputou 17 partidas e somou dez derrotas até dar lugar a Muricy Ramalho em meio à luta contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Nesta temporada, o Tricolor já teve quatro treinadores. O próprio Muricy começou o ano no comando, mas maus resultados e problemas de saúde o tiraram do cargo em abril. Milton Cruz, que voltou a ser interino na semana passada, assumiu o time até o fim de maio, quando Juan Carlos Osorio foi contratado. O colombiano permaneceu no clube até outubro, quando aceitou convite da seleção mexicana e foi sucedido por Doriva, demitido na segunda-feira da última semana.