Lugano (foto:Alan Morici/LANCE!Press)

Lugano pode chegar a marca expressiva nesta quinta-feira (foto:Alan Morici/LANCE!Press)

Marcio Porto
21/09/2016
06:50
São Paulo (SP)

Escalado pelo técnico Ricardo Gomes no treino da última terça-feira, Lugano é o favorito para ocupar a vaga do lesionado Maicon nesta quinta, contra o Juventude, pela Copa do Brasil. Caso isso se confirme, o uruguaio, enfim, atingirá uma marca expressiva no São Paulo: 200 jogos com a camisa do clube.

Lugano tem 199 jogos desde o dia 4 de agosto, quando o São Paulo foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1 no Morumbi, no jogo de despedida do técnico Edgardo Bauza - o argentino saiu para assumir a seleção de seu país. De lá para cá, o camisa 5 ficou no banco em oito jogos e não faltaram oportunidades para que entrasse. O ídolo da torcida, porém, vinha sendo preterido pelo jovem Lyanco, de 19 anos.

No último domingo mesmo, contra o Atlético-PR, Maicon lesionou a coxa esquerda no segundo tempo e estavam Lyanco e Lugano no banco. O técnico Ricardo Gomes acabou optando pela entrada do garoto. Logo depois, o time da casa fez o gol da vitória por 1 a 0. Situação semelhante aconteceu contra o Palmeiras, quando Lyanco entrou no lugar de Rodrigo Caio. O rival acabou vencendo de virada, com dois gols de bola alçada na área no segundo tempo.

Desde que retornou ao São Paulo, em janeiro deste ano, Lugano disputou 23 jogos e marcou dois gols. São 13 tentos nos 199 jogos pelo Tricolor, com a soma da primeira passagem. Entre 2003 e 2006, o jogador foi multicampeão no Tricolor e virou ídolo inconteste da torcida. Com muita garra e identificação com o clube, foi peça importante nos títulos do Paulista, Libertadores e Mundial, em 2005, e Campeonato Brasileiro, em 2006.

Na manhã desta quarta-feira Ricardo Gomes definirá o time que enfrentará o Juventude. O São Paulo precisa vencer por dois ou mais gols de diferença, ou por um desde que faça pelo menos três. Se devolver o 2 a 1 da ida, a decisão será nos pênaltis.