LANCE!
27/01/2016
16:03
São Paulo (SP)

A aparição de Jonathan Calleri no gramado do CT da Barra Funda não foi a única atração do treino do São Paulo na manhã desta quarta-feira. Aos 38 anos, a lenda do futsal Falcão visitou o clube que defendeu no primeiro semestre de 2005 para realizar testes físicos no Reffis, onde reencontrou o uruguaio Diego Lugano, companheiro nos títulos do Campeonato Paulista e da Libertadores.

Falcão atuará novamente pela equipe de Sorocaba na Liga Paulista, na Liga Nacional e no Mundial de Clubes, mas o time de futsal agora foi batizado com o nome da nova patrocinadora: Magnus, marca de ração para cães. No CT são-paulino, ele ainda posou para fotos com o filho e estrelas do clube paulista, como Paulo Henrique Ganso, Michel Bastos e Alan Kardec.

"Mais uma vez agradecer ao São Paulo pelo carinho e atenção de sempre comigo, em especial aos amigos Felipe Espíndola e Juca Pacheco (assessores de imprensa)! Fiz testes isocinéticos no Reffis e ainda pude rever os amigos Lugano, Alan Kardec, Michel Bastos e Ganso! Mais uma vez, agradeço de coração!", escreveu o craque em seu Instagram.

Contratado ainda em janeiro de 2005 pelo São Paulo, Falcão foi apresentado ao lado dos volantes Mineiro e Josué, que se tornariam grandes ídolos da história do clube. A estreia aconteceu em vitória por 3 a 1 sobre o Ituano no Morumbi, em jogo do Campeonato Paulista no dia 20 de janeiro. Ao todo, foram cinco meses no Tricolor, com seis jogos disputados - apenas um como titular.

Falcão deixou o clube invicto, com cinco vitórias e um empate, e em conflito com o técnico Émerson Leão. O treinador não era favorável à contratação do craque do futsal, que guarda mágoas da postura do ex-comandante.