Keiza - São Paulo

Kieza mostrou o cartão de visitas em seu primeiro jogo-treino completo: dois gols (Foto: Ari Ferreira)

LANCE!
27/01/2016
12:12
São Paulo (SP)

Depois dos titulares baterem o Boa Esporte (MG) por 1 a 0 na última terça-feira, nesta quarta foi a vez dos reservas do São Paulo participarem de jogo-treino. No CT da Barra Funda, o time suplente armado por Edgardo Bauza aplicou 4 a 1 na equipe sub-20 do próprio Tricolor, que se prepara para a disputa da Copa Libertadores da América da categoria a partir do dia 31.

Os profissionais atuaram com Renan Ribeiro, Caramelo, Lucão, Militão e Carlinhos; Auro, Wesley, João Schmidt e Reinaldo; Rogério e Kieza. Já os garotos trabalharam com a base eliminada nas quartas de final da Copa São Paulo de Juniores, mais o reforço de Lyanco, que disputará a Libertadores: Lucas Perri, Foguete, Iago Maidana, Lyanco e Inácio; Banguelê, Artur e Lucas Fernandes; David Neres, Luiz Araújo e Pedro.


O placar foi aberto por Kieza após escanteio cobrado pelo lado direito por Wesley, que ganhou fortes divididas com Lyanco. Pouco depois, o volante Artur arriscou de fora da área e empatou a atividade para o time sub-20. Ainda no primeiro tempo, Caramelo recebeu linda assistência de Rogério, contou com falha grotesca de Maidana e marcou após driblar Perri, que sofreu outro tento anotado por Kieza em novo passe de Rogério.

Na segunda etapa, Bauza trocou Renan Ribeiro, Militão e Reinaldo por Léo, Luiz Eduardo e Matheus Reis. Já técnico André Jardine trocou toda a equipe sub-20 e passou a ter mais posse de bola. Mesmo assim, que marcou novamente foi o time reserva do profissional. Em cobrança de escanteio de Carlinhos no lado esquerdo, Lucão subiu sozinho e testou no ângulo de Lucas Paes.

Reinaldo ainda voltou a campo para substituir Kieza, passando Carlinhos ao ataque ao lado de Rogério. No sub-20, a decepção ficou por conta de lesão sofrida por David Neres. O meia caiu sobre o braço esquerdo após falta cometida por Wesley e precisou sair amparado pelo médico José Sánchez. O trauma pode até afastá-lo da Libertadores, que tem início marcado para o próximo dia 31, contra o Libertad (PAR), em Assunção.