Gabigol e Lucas Lima - Santos

Gabigol e Lucas Lima participaram de 56 gols no ano passado (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Russel Dias
10/02/2016
06:00
Santos (SP)

Comissão de frente no futebol é quesito tão sério quanto na apuração do Carnaval. No Santos, o setor ofensivo é muito mais que um cartão de visitas. Lucas Lima e Ricardo Oliveira, que têm sido convocados para a Seleção Brasileira, e o jovem Gabigol foram responsáveis por 99 dos 120 gols do Peixe no ano passado, ou seja, 82,5% das bolas na rede.

Neste ano, o trio começou o Paulistão com o pé direito. Em cinco gols marcados, eles se dividiram da seguinte maneira: Gabigol anotou dois e deu uma assistência, Ricardo Oliveira fez outros dois, enquanto o “garçom” Lucas Lima, que no ano passado deu 18 passes para gols, já serviu duas vezes os companheiros.

No entanto, para a comissão de frente santista ganhar nota 10 faltam alguns detalhes. Isto porque o trio perdeu dois companheiros essenciais para a temporada: Marquinhos Gabriel e Geuvânio

Como peça de reposição, o Alvinegro contratou por empréstimo o atacante Paulinho, que estava no Flamengo, mas, por enquanto, ele está longe de estar entrosado.

Nos números, o camisa 26 mostra que ainda precisa acertar o pé, enquanto na prática ele já conseguiu irritar alguns torcedores nas arquibancadas da Vila Belmiro.

De todas as suas quatro finalizações, apenas uma foi na direção do gol (acertou a trave), enquanto todas as outras foram erradas. Paciente nas entrevistas coletivas, o técnico Dorival Júnior defende seu novo atacante e acredita que vai ver uma melhora com o tempo, mas tirou Paulinho no segundo tempo dos três jogos da temporada e explorou outras opções.

– O Paulinho tem 30 dias de Santos. Criamos mais de 20 oportunidades de gol contra o Ituano. É relativo. O time criou, movimentou-se bem, está evoluindo. Temos que dar tempo ao tempo – diz o treinador.

Enquanto ajusta uma peça ou outra, o Santos sonha com um Rei do Drible para fechar sua alegoria.

Paulinho deve ganhar vaga no ataque do Santos
Paulinho foi titular nos três jogos da temporada (FOTO: Ivan Storti)