LANCE!
08/02/2016
17:14
Sevilha (ESP)

Depois de passagens por Internacional, Santos e Cruzeiro, nestes últimos dois sem muito brilho, Leandro Damião foi apresentado pelo Real Betis nesta segunda-feira. No time de Sevilha, o atacante terá sua primeira experiência no exterior, e depois de se desligar do Peixe assinou contrato até o fim da temporada. Porém, ele garante que sua ideia é prolongar esse compromisso.

- Venho com a intenção de ficar mais tempo. Quero demonstrar nestes meses o meu valor através dos gols e do trabalho. Não quero ser menos do que Ricardo Oliveira ou Diego Costa. Espero fazer algo a mais do que eles fizeram - disse Damião, o novo camisa 12 do Betis, explicando os motivos de sua escolha:

- É verdade que tinha ofertas de vários clubes europeus. Foi depois de falar com Eduardo Macià (diretor esportivo do Betis). É uma equipe que merece estar em uma posição melhor na tabela.

Damião também comentou sobre a conturbada negociação com o clube de Sevilha. Em um momento, tudo estava certo, mas o negócio foi vetado pelo conselho, e depois o presidente acabou renunciando, e enfim o jogador foi oficializado.

- Estive tranquilo durante todo o tempo. Tinha na cabeça que acabaria assinando. Treinei a parte física na academia do hotel. Tinha a certeza que os meus agentes e Eduardo Macià acabariam chegando a um acordo - disse.

Neymar também foi assunto em sua entrevista de apresentação. Os dois defenderam o Santos, mas em momentos diferentes, e estiveram juntos nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, em que ficaram com a medalha de prata.

- É um grande amigo, disputamos a Olimpíada juntos. É um grande jogador, merece o que está passando. Não tive a oportunidade de falar com ele ainda. Quando melhorar o meu espanhol e tiver a oportunidade, gostaria de visitá-lo em Barcelona.