Preto, do Santos

Goleiro jogou 24 partidas no ano passado (Foto: Divulgação/Santos FC)

LANCE!
02/01/2016
16:55
Santos (SP)

Ninguém mais do que Celismar dos Santos Marins gostou da decisão de mudar o nome "Santos sub-23", equipe criada no início da gestão do presidente Modesto Roma Júnior, para "Santos B". Em 2016, a nova categoria do Santos fará excursões e disputará seus primeiros torneios oficiais, sendo um deles com jogadores emprestados à Portuguesa Santista, na Quarta Divisão do Paulistão. Goleiro titular do time B do Peixe, Preto celebra sua adaptação, mas já fala em buscar um novo passo neste ano: o time principal.

- Esse período no time B tem sido muito importante para mim. O Santos vem tendo o maior cuidado para a minha adaptação. Sou muito agradecido à diretoria por isso. Vou trabalhar muito em 2016 para conquistar a confiança de todos no clube e, quem sabe, poder ajudar na equipe profissional - explica Preto, que completou 30 anos nesta sexta-feira, primeiro dia do ano.

O experiente goleiro foi contratado pelo Santos no primeiro semestre do ano passado. Vinculado ao Vitória-PE, clube que já teve Modesto Roma Júnior como dirigente, Preto teve certo destaque no Campeonato Carioca de 2015 com a camisa do Bonsucesso, e foi rapidamente integrado ao então chamado sub-23 do Santos. O problema é que Preto tinha 29 anos na época da contratação, o que fez a diretoria precisar explicar as razões do reforço fora da idade.

Agora aos 30, Preto é jogador do Santos B, assim como outros 29 atletas com reapresentação marcada para a próxima quinta-feira, no CT Rei Pelé. Todos, como o goleiro, ansiosos por uma chance com Dorival Júnior no time profissional.

- Joguei por muito tempo em equipes menores e quando se chega a um clube da grandeza do Santos tudo muda muito. Mas o período que tive de adaptação foi importante para eu conhecer de perto tudo isso. Estou vivendo um sonho de estar no Santos e quero aproveitar muito em 2016 essa oportunidade - diz.